sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Santa Maria poderá ter rampa de vôo livre.

Vista no morro das
Antenas; ao fundo observa-se a Pedra do Garrafão, Espírito Santinho e Santa Maria.

Vista no morro da antenas; ao fundo Santo Eduardo e Ponte do Itabapoana.

Na semana passada, dois instrutores e praticantes de voo livre estiveram na sede da Fundação de Esportes para apresentar o projeto de construção de uma rampa no Morro das Antenas, no distrito de Santa Maria. Cláudio Siqueira e Ronaldo Pessanha conversaram com o presidente Magno Prisco, sobre a possibilidade da construção de uma rampa para saltos de asa delta e parapente no Morro das Antenas, além da manutenção da pista no Morro do Itaóca.

Ao lado do diretor de Esportes Radicais, Romeu Lins, Prisco vai apreciar e avaliar a viabilidade do projeto e prometeu avaliar, também, as condições do local de saltos em Santa Maria, além da rampa de saltos que já existe no Morro do Itaóca.

Segundo Cláudio Siqueira, as condições climáticas em Campos são perfeitas para a prática do esporte e a intenção é alavancar o voo livre e o turismo na cidade. “Acho que a melhoria das condições do local de saltos em Santa Maria, além de alavancar o turismo na região, vai popularizar o esporte e dinamizar o turismo naquela região”, explica.

Prisco acrescentou que a prática deste tipo de esporte é importante para a cidade e que os projetos serão avaliados.

“É interessante saber que, embora estejamos numa área de planície, tenhamos locais propícios para a prática do voo livre.

Vamos levar esses projetos para avaliação e buscar o apoio de outras secretarias para uma possível execução. Estamos falando de esporte, turismo e de desenvolvimento “, completou.

O presidente determinou que Romeu Lins, diretor de Esportes Radicais, visite as rampas e os locais de salto e avalie as condições desses locais.

Matéria do Jornal Monitor Campista

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Nomeação da Diretora do Colégio em Espírito Santinho

Portaria N° 1256/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE
CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso
de suas atribuições legais,
RESOLVE, designar, com base na
Lei nº 7.769/05, Fabiana de Oliveira
Rosa, para exercer na Secretaria Municipal
de Educação, o cargo em comissão
Diretora da C.E. Espírito Santinho,
Classificação “C”, Símbolo DAS-09,
com vigência a contar da data de publicação.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 25 de fevereiro
de 2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita -

Nomeação da Diretora e da Vice-Diretora na Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida em Santo Eduardo

Portaria N° 1208/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, no uso de suas atribuições
legais,
RESOLVE, designar, com base na Lei
nº 7.769/05, Edna de Oliveira Rangel
Nunes, para exercer na Secretaria Municipal
de Educação, o cargo em comissão de
Diretora da E. M. Nossa Senhora Aparecida,
Classificação “C”, Símbolo DAS-07, com
vigência a contar da data de publicação.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 25 de fevereiro de
2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita –

Portaria N° 1207/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, no uso de suas atribuições
legais,
RESOLVE, designar, com base na Lei
nº 7.769/05, Edmea Gomes da Silva Pereira,
para exercer na Secretaria Municipal
de Educação, o cargo em comissão de Vice-
Diretora da E. M. Nossa Senhora Aparecida,
Classificação “C”, Símbolo DAS-09, com
vigência a contar da data de publicação.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 25 de fevereiro de
2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita –

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Carnaval 2009 - Santo Eduardo

A nossa rainha do Carnaval,
Irreverência, humor. Advinhe quem sou eu?
Com certeza está fácil! rsss
Um dos bois arrastando os foliões
o Bar Music também em ritmo de folia
outro boi, este no bairro Departamento
mascarados pra todos os lados - Carnaval é diversão.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Dá-lhe Resende!

Fazer o que, né? o improvável às vezes acontece:

Flamengo 1 x 3 Resende


sem comentários.........rssss

Vasco desiste da Taça Guanabara

O Vasco deu nesta sexta-feira um passo para trás, na tentativa de dar um salto, no futuro. O presidente Roberto Dinamite aplicou um recuo estratégico, decidiu acatar as derrotas nos Tribunais Desportivos e não fez uso da liminar concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho que deu ao clube o direito de recuperar os seis pontos perdidos e disputar com Flamengo, Botafogo e Fluminense as semifinais da Taça Guanabara.

Depois de tudo acertado, Roberto Dinamite foi surpreendido nesta sexta-feira à noite com a notícia de que o Tribunal de Justiça da Federação (TJD-RJ) decidira analisar a denúncia enquadrando o Vasco no artigo 231 do CBJD, que condena a entrada na Justiça Comum para decisões de méritos esportivos.

Fonte: O DIA

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Carnaval: Santo Eduardo matém a tradição do Boi, da mulinha e da Boneca nas ruas



Carnaval de Santo Eduardo - 2009

O Carnaval de Santo Eduardo deste ano não terá mais os Shows de grupos de pagode e outros ritmos no palco, como foi visto aqui principalmente no governo do prefeito Arnaldo Vianna e no polêmico governo anterior. Carnaval patrocinado pela prefeitura de Campos somente no Farol de São Tomé, que diga-se de passagem, é a vitrine para mostrar que o município tem um balneário, que tem vocação turística, enfim, que tem dinheiro pra gastar com esse tema.

Ficou definido que a tradição do Boi Pintadinho e da Boneca vão permanecer. Afinal, o povo não pode se deixar abalar pela falta da iniciativa política, já que o Carnaval é uma manifestação espontânea, que é sinonimo de alegria e criatividade em todo o Brasil, e aqui não poderia ser diferente.

O lema do Carnaval em Santo Eduardo será: Folia do povo para o povo!
nada mais correto e perfeito para o tema.

Então, fica definido:
quem quiser nos visitar por estes dias, verá nas ruas uma parcela da comunidade integrada no bloco da alegria, que contará com a presença da criatividade e da irreverência, que aliás, nunca podem faltar nestes dias de festa.
A partir de Sábado, o bloco sairá nas ruas a partir das 8 da noite, e estão proibidas as presenças dos mau - humorados e inconsequentes.

À equipe organizadora, que percorreu as ruas arrecadando os donativos e as contribuições em dinheiro dos moradores, os meus sinceros parabéns!
São de pessoas assim que a comunidade tem que se espelhar para alcançar outras vitórias.

Feliz Carnaval a todos!

Vasco: TRT torna sem efeito decisão do TJD-RJ, mas Ferj mantém semifinais da Taça GB

Tribunal Regional do Trabalho manda um ofício ao Tribunal de Justiça Desportiva para que faça valer a lei. Decisão está nas mãos do STJD.
Depois de duas derrotas no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro, que puniu o Vasco com a perda de seis pontos depois de denúncia feita pelo Fluminense de que Jéferson não teria condições de jogo na estreia do time cruzmaltino no Campeonato o clube da Colina ainda teve negado nesta sexta-feira um efeito suspensivo que o recolocaria nas semifinais da Taça Guanabara. Mas a novela está longe de acabar. O Ministério Público acionou a 10ª Região do Tribunal Regional do Trabalho para que faça valer os direitos vascaínos, descaracterizando assim a decisão do TJD-RJ - a Ferj, no entanto, manteve as semifinais como estavam marcadas.

Bagunça!
essa é a melhor palavra pra definir a situação do futebol do Rio
de Janeiro.




Notícia aguardada: TAC contratará somente 1066

Notícia do Site de Campos

Leia a reportagem aqui

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Blog recebe resposta da Ferrovia Centro Atlântica (FCA)

Leiam na íntegra a resposta enviada para o Blog sobre a questão da falta de manutenção da linha férrea na região de Santo Eduardo.

Prezado Lenilson,

Agradecemos seu interesse e informamos que a capina química foi efetuada entre os municípios de Campos e Vila Nova. No trecho após a cidade de Vila Nova, um bueiro se rompeu e estamos trabalhando para solucionar o problema até a semana que vem, para que assim possamos dar continuidade aos serviços de capina química.

Este trecho já está sem operação há dois anos, quando o tráfego de combustível foi suspenso, e desde então estamos sem contratos de frete na região. O departamento comercial está em busca de novos contratos, como por exemplo, o transporte de areia, para que o trem volte a rodar na região. Nesta linha não estão rodando trens de carga, mas apenas trens de serviço e auto linha para pequenos serviços de manutenção, devido a um número reduzido de funcionários visto que não há operações no local. Contamos com sua compreensão.

Estamos à disposição.

Saudações,
FCA Ferrovia Centro-Atlântica

Obs: Deu pra perceber? 
mediante a resposta da FCA, teremos que esperar um pouco mais para solucionarmos essa questão.


Ponte de madeira em péssimo estado de conservação em Santo Eduardo

Aspecto de abandono na Rua Amaro Batista Ramos

Ponte de madeira, interditada pela Defesa Civil.

Como se não bastasse as péssimas condições de manutenção da Rua Amaro Batista Ramos, no Bairro São Sebastião, em Santo Eduardo, agora parece que a situação piorou um pouco mais: uma ponte de madeira que passa por cima do Córrego 69 está prestes a cair!

Segundo informações, a Defesa Civil esteve no local, como pode ser comprovado na foto acima e interditou a ponte, mas alguns insistem em passar por ela colocando em risco as suas próprias vidas.
Os moradores da rua, que convivem com outros problemas, agora tem mais esse para se revoltarem.
Alô, secretaria de obras, estamos ansiosos por boas notícias!

Nova Escola: Cabral incorpora benefício ao salário de 90 mil

O Nova Escola é pago de acordo com a avaliação que o professor recebe — varia de R$ 100 a R$ 420. Segundo o Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação), a incorporação vai beneficiar 50 mil servidores ativos e 40 mil inativos.

Manchete de hoje do Jornal carioca O Dia: Clique e leia a reportagem.


terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Vasco fora das semifinais do Campeonato do RJ

O Vasco da Gama acaba de ser derrotado no Tribunal de Justiça Desportiva no Rio, por 7 votos a 1. O Tribunal julgou o caso do jogador Jéferson, que foi escalado de forma considerada irregular no jogo de estreia contra o Americano. 
A novela ainda não terminou e o Vasco agora deve recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Estamos correndo o risco que o Campeonato seja paralisado.

Todos contra o Vasco! Essa é a impressão.

Falta de manutenção da linha férrea causa transtorno aos moradores de Santo Eduardo

Total abondono, esta é melhor definição que encontrei pra definir a situação da linha férrea em Santo Eduardo.
Num dos lugares mais admirados de Santo Eduardo, a histórica Estação de 1879, a manutenção da linha férrea não é feita há tempos.
No trecho da linha, já bem perto de Ponte do Itabapoana, a situação não é diferente.

A manutenção da linha férrea, no trecho que passa na região de Santo Eduardo está em estado lastimável.
A empresa responsável, a FCA (FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA) parece que esqueceu que existe dentro da Estação de Santo Eduardo um alojamento que já serviu de base para os funcionários fazerem toda a manutenção deste trecho da linha do litoral.
Segundo informações no Site da Empresa, existem cerca de mil funcionários para cuidar desta questão da manutenção das linhas.
O que será então que estará acontecendo?
Alguns moradores próximos da linha já acusam o aparecimento de cobras e aranhas caranguejeiras em vários pontos, o que tem causado pânico principalmente aos que moram ao lado da linha.
Exigimos uma providência para o caso!
FCA clique aqui e confira as informações no site da empresa.

Vasco na expectativa


Nove auditores do Pleno Tribunal de Justiça Desportiva da Federação de Futebol do Rio de Janeiro decidem hoje, a partir das 18h, os rumos da Taça Guanabara. Em julgamento, o futuro do Vasco e Resende.

O clube de São Januário entrou com um recurso pedindo a devolução dos seis pontos conquistados no campo e que foram retirados na Justiça.

Se sair vitorioso, o Vasco termina a primeira fase do Estadual em primeiro lugar no Grupo A, com 14 pontos, à frente do Fluminense, com 11.

Obs: O Vasco merece estar nas finais, ainda mais que naquele jogo contra o Americano ele não somou pontos! essa é a opinião da maioria, inclusive dos técnicos adversários.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Liberado o trânsito na ES- 297

Na foto, observa-se o nível das águas do rio invadindo uma ponte


Está liberado o trânsito na Rodovia ES 297, no trecho entre Ponte do Itabapoana e a BR 101.
Devido às constantes cheias do Rio Itabapoana, esta pista vem sendo interditada inúmeras vezes neste verão.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Maria Auxiliadora pressionada


A falta de soluções imediatas sobre a questão complexa que é a situação da educação no município de Campos já causa frisson na política local.
Ontem , a secretária de Educação de Campos, Maria Auxiliadora, foi sabatinada por Garotinho em seu programa de rádio na Diário FM.

Auxiadora foi abertamente questionada sobre as apurações dos desvios de verbas na secretaria, e imagino eu, que devem ser muitos problemas para serem apurados, por isso as coisas aparentemente não andam.

A verdade é a seguinte: Auxiadora deve ter sentido um tremendo mal estar, um embaraço total - pelo menos foram essas as impressões que sentimos ontem ao ouvir tal entrevista.

Exemplos é o que não faltam para provar o quanto deve ser difícil lidar com os problemas desta secretaria, que diga-se de passagem é cheia de pessoas que eram do lado de Arnaldo Vianna e que também, só pra lembrar, um dia foram fiéis a Garotinho.

Deu pra entender?
Ao meu ver, Maria Auxiadora deve estar com muita dificuldade para identificar quem é bom ou ruim nesta história toda. Quem deve merecer ser nomeado ou não, ou quem deve ficar ou deve sair.

o que não pode acontecer:

Bom, humildemente, digo que se nomearem por "currículo" vão se dar mal, mais uma vez!

Tem gente pleiteando cargo, que tem um bom currículo sim, mas que não tem competência e honestidade.

Há informações que existem mais de 150 escolas que ainda estão sem diretor nomeado.

A verdade é a seguinte, doa a quem doer:
já tem muita gente ruim sendo nomeada neste governo, e a maioria das pessoas que votaram em Rosinha acreditaram numa mudança milagrosa.
Vale lembrar que com tanta gente incompetente e desonesta pleiteando cargos, estamos mesmo é correndo o risco que nada mude neste município, que há anos é movido pelo empreguismo cego e que nomeia pelo critério da politicagem "fiel", pela indicação, pelo padrinho, porque o amigo do tal vereador é amigo seu, aí você tem chance.

Isso tem que acabar!

Precisamos de boas escolas, de hospitais funcionando com excelência, de bons profissionais, de pessoas integradas e comprometidas com as suas comunidades, e não com os seus parentes e amiguinhos.



Coragem e lucidez, Rosinha!

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Rodovia ES - 297 interditada no sentido Ponte do Itabapoana - BR-101

O tráfego de caminhões está passando por Santo Eduardo, causando transtorno aos moradores.


Está interditada momentaneamente a Rodovia ES-297, no sentido Ponte do Itabapoana - BR-101 (ES).

As águas do Rio Itabapoana alagam alguns pontos da estrada na altura da Cachoeira do Inferno. Quem pretende seguir para a BR - 101(ES) terá que passar por dentro de Santo Eduardo seguindo pela RJ 230.

O NUDEC - SE informa que está em alerta.

Formatura de Bombeiros em Campos: Santoeduardense no contingente.


Desde dezembro que o 5º Grupamento de Bombeiro Militar de Campos (5ºGBM) recebeu o reforço de mais 47 homens, que foram aprovados no concurso seletivo de 2008. Ontem, foi realizada a formatura dos soldados, que deixaram de ser recrutas. A solenidade aconteceu na sede da corporação. O Corpo de Bombeiros possui 230 militares para atender toda a Região Norte-Fluminense.

Dentre os 230 soldados, está o jovem santoeduardense Cleverson da Silva Gomes, (Da Silva) que com certeza fará a diferença nesta nova empreitada.

Ao amigo, os meus sinceros votos de sucesso!


Ponte do Itabapoana: Rio Itabapoana novamente começa a invadir a localidade

Na entrada da localidade, o Rio Itabapoana começa a invadir a pista.

Os moradores de Ponte do Itabapoana vivem novamente a angústia de conviver com mais uma enchente.
Estive agora pela manhã na localidade capixaba e percebi o quanto essa questão das cheias do Rio Itabapoana está tirando a tranquilidade da população deste Distrito de Mimoso do Sul.
No momento somente alguns pontos da Rua do "Ita" é que apresentam inundações, mas as  informações que colhi no local são que o nível das águas está aumentando

Estamos atentos.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Aposentados que ganham mais de um Salário acumulam perdas

Prejuízo chega a R$ 185 por mês

Reajuste menor para os aposentados que ganham acima do salário mínimo causa perda anual de R$ 2.417

Oito milhões de brasileiros — aposentados e pensionistas do INSS que recebem mais de um salário mínimo — foram prejudicados com a decisão do governo de aumentar o benefício em apenas 5,92%, referentes ao INPC (Índice Nacional de Preços ao consumidor) acumulado somente em 11 meses. Se o percentual usado para reajustar os beneficios fosse o mesmo do salário mínimo (12,04%), as perdas dos aposentados não seriam tão grandes. Em um ano, somado ao 13º salário, o prejuízo chega a R$ 2.417, para o beneficiário que recebe o teto (R$ 3.038). Por mês, ele perde R$ 185,93.

“O aposentado que recebia o mínimo, R$ 415, teve aumento de R$ 50. E quem ganhava R$ 450 recebeu apenas R$ 26”, comenta João Inocentini, presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical, lembrando que quem ganha até R$ 850 vai receber menos de R$ 50 de aumento. Dos cerca de 26 milhões de aposentados e pensionistas no País, aproximadamente 14 milhões recebem o valor mínimo do benefício.

Um aposentado com benefício de R$ 1.050 vai receber R$ 62,16 a mais com o índice de 5,92%. Mas, se fosse aplicado o mesmo aumento do mínimo, ganharia mais R$ 126,42. Uma diferença de R$ 64,26. O suficiente para comprar mais de 30 litros de leite, 30kg de frango congelado, mais de
60 latinhas de cerveja, 25 caixas de ovos (a dúzia) e mais de 70 sabonetes (R$ 0,90).

Yedda Gaspar, presidente da Faaperj (Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Rio), lembra que, de 1991 a 2002, as perdas dos aposentados foram de 42%. E que, no governo Lula, já chegam a 63%. “E como vai ficar daqui para frente? Talvez no próximo ano o aumento seja maior porque haverá eleição presidencial”, ironiza.

Segundo João Inocentini, está sendo feito um levantamento de 100 produtos que subiram mais do que o INPC para comprovar que o poder de compra dos aposentados é cada vez menor. “Vamos mostrar que plano de saúde, gás, medicamento, telefone, taxas, transporte, óculos, dentadura, fraldas, hospital, calçados e roupas subiram mais do que o INPC. Se a Câmara não aprovar
, ou aprovar e o presidente Lula vetar o projeto de lei que extingue o fator previdenciário, vamos à Justiça pedir a recomposição do nosso poder de compra”, avisa Inocentini.

Na próxima sexta-feira, a Faaperj vai se organizar a favor da aprovação do projeto de lei. “Queremos fazer pressão para que seja aprovado”, ressalta Yedda. O Bloco dos Aposentados vai se concentrar às 17h em frente à Candelária. Nacionalmente, a próxima manifestação será no dia 20 de março. A Cobap (Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas)ainda está defindo os detalhes clique na imagem para visualizar a tabela.

Matéria do Jornal O Dia

Vasco perde 6 pontos

Vasco sofreu nesta quinta-feira no Tapetão uma dura goleada, que abalou não só o seu departamento jurídico, mas também sua posição na classificação da Taça GB. O clube foi julgado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) e condenado por 4 a 1 com a perda de seis pontos e multa de R$ 5 mil pela escalação irregular de Jéferson, na primeira rodada, contra o Americano (derrota por 2 a 0, em São Januário).

Assim, o Vasco, que tinha 11 pontos ganhos, estando na liderança do Grupo A, caiu para o sétimo lugar, somando apenas cinco pontos, dando adeus às chances de chegar às semifinais. A diretoria prometeu entrar com recurso até segunda-feira, para ser julgado na terça, a fim de não paralisar a competição.

Obs: Muitos estão mesmo contra o Vasco e contra Roberto Dinamite

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Rosinha satisfeita com a viagem a Brasília

Entre as principais conquistas na capital federal, Rosinha destacou os R$ 50 milhões para investimento no Complexo Portuário Farol-Barra do Furado, e os recursos para a recuperação a Baixada Campista e para dragagem dos canais.
Segundo Rosinha, a Ministra Dilma Rouseff e ela voltarão a se encontrar brevemente para falar sobre o PAC.

Diplomacia e foco nos objetivos: ingredientes perfeitos para tudo dar certo!

A entrevista completa está no Site de Campos.

Click aqui

Mineroduto não passará em Santo Eduardo

Jornal Monitor Campista conclui em reportagem que o Mineroduto não passará em Santo Eduardo.

Clique aqui e comprove a matéria no Jornal Monitor Campista

Pico da mão-de-obra em 2010
Empregos atuais são apenas 300
DIVULGAÇÃOO MINERODUTO Minas-Rio atravessará os municípios de Porciúncula, Natividade, Itaperuna e Bom Jesus de Itabapoana, no Noroeste do Estado, e Cardoso Moreira e Campos, na região Norte Fluminense

Liliane Barreto

Este ano, a obra do mineroduto Minas-Rio estará concentrada na fase de terraplenagem do trecho 3, que compreende os municípios do Rio de Janeiro, e da Estação de Bombas 2 (EB2), no município de Santo Antônio do Grama, em Minas Gerais. A informação é da assessoria de imprensa da Anglo Ferrous Minas-Rio, responsável pela obra. A empresa confirmou que a obra do mineroduto prevê a contratação de até 6 mil pessoas mas isso acontecerá no pico das obras, previsto para meados de 2010 e que deve durar um ano e, não, emprega atualmente 6,8 mil conforme foi anunciado pelo presidente do sindicato dos trabalhadores da construção civil, José Eulálio.

De acordo com a assessoria, vários canteiros pequenos estão localizados ao longo do trecho e o canteiro central do Rio de Janeiro é da cidade de Itaperuna, o maior instalado no Estado. “Ao longo de toda a obra, o maior canteiro está localizado no município de Ponte Nova, em Minas Gerais”, informou. O investimento total será de cerca de U$S 3 bilhões e terá capacidade de transportar 26,6 milhões de toneladas de minério de ferro, por ano, a partir de 2011 ou início de 2012.

O projeto, que está em fase de licenciamento ambiental e obras, contempla mina e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas (MG). O mineroduto de 525 quilômetros que percorre 32 municípios de Minas Gerais e Rio de Janeiro, até chegar ao porto do Açu, em São João da Barra.

Em dezembro de 2008, a empresa obteve a Licença Prévia (LP) para a área da mina e da planta de beneficiamento, localizadas em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas. A LP foi concedida junto ao Conselho de Política Ambiental (Copam). O porto obteve a Licença de Instalação (LI) em 2007, concedida pela antiga Fundação Estadual de Engenharia de Meio Ambiente (Feema) e está em obras. O mineroduto obteve a LI em junho de 2008 junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e também iniciou as obras em setembro deste ano.

No ano passado, a Anglo contratou com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um empréstimo no montante de R$ 2,3 bilhões para os equipamentos da mina e do mineroduto. “O ritmo da obra depende das licenças a serem obtidas pela empresa, como a Autorização de Supressão Vegetal (ASV), concedida junto ao Ibama”.

A empresa informou, ainda, que no trecho do Rio de Janeiro, estão trabalhando em torno de 150 pessoas e no trecho de Minas Gerais, outras 150 pessoas nos trabalhos de engenharia e execução das obras da EB2. A LLX Minas-Rio, empresa responsável pelas obras do terminal de minério do Porto do Açu, tem a composição acionária da seguinte maneira: 49% Anglo Ferrous Brazil e 51% LLX Logística.

O Mineroduto Minas-Rio atravessará os municípios de Porciúncula, Natividade, Itaperuna e Bom Jesus de Itabapoana, no Noroeste do Estado, e Cardoso Moreira e Campos, na região Norte Fluminense, até o porto marítimo e futuras instalações de beneficiamento, localizados em São João da Barra. A construção é independente da LLX, subsidiária da MMX, responsável pela obra do complexo logístico do Açu, que inclui o porto.

Mineroduto não tem canteiro em Santo Eduardo
O fotógrafo e morador de Santo Eduardo, Lenilson Werneck, estranhou a notícia de que houvesse obra do mineroduto no distrito.

“Lugar pequeno você sabe como é: todo mundo sabe de tudo e não fiquei sabendo de nada sobre essa obra do mineroduto. Se tivesse alguma coisa, haveria comentário. Outra coisa que não estou entendendo é o percurso da obra que, para passar em Santo Eduardo, teria que ir quase na divisa do Espírito Santo”, questionou Werneck, que também tem um blog (http://lwerneck.blogspot.com)

A foto publicada, na edição de ontem, que seria do mineroduto, na verdade, é da Hidrelétrica Pedra do Garrafão, no distrito de Santo Eduardo.


Obs: não fiz mais do que a minha obrigação. Estamos atentos!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Blog do Garotinho: Arnaldo inelegível



Clique aqui e veja a postagem no Blog. 




Campos receberá 15 milhões de reais para socorrer a Baixada

Leia a matéria na íntegra neste link abaixo:
Notícia do Site da Prefeitura de Campos

Detalhe: Segundo a publicação, Campos não poderá administrar o recurso devido estar inadimplente com o Governo Federal. O Governo do Estado receberá o dinheiro.

Segundo a publicação, Campos deve mais de 200 milhões ao Governo Federal. 

Dá-lhe Mocaiber!

Mineroduto com canteiro de obras em Santo Eduardo?

A implantação de canteiros de obras do mineroduto Minas-Rio que vai transportar minério de Minas Gerais ao Porto do Açu, em São João da Barra começa a dar vida ao projeto e está garantindo mais empregos na área de construção civil.

De acordo com o presidente do sindicato dos empregados do setor, José Eulálio, a empresa Anglo Ferrous Minas-Rio Mineração S.A., responsável pela obra, já montou três canteiros entre o município mineiro de Muriaé e o distrito de Santo Eduardo, em Campos, empregando 6.800 trabalhadores da construção civil. A previsão é de que, este ano ainda, o número chegue a nove mil com mais duas bases, sendo uma no porto e outra em São Francisco de Itabapoana, na divisa com o município de Presidente Kennedy (ES).

A assessoria de imprensa da empresa informou que, este ano, a obra estará concentrada na terraplenagem no trecho 3, área que inclui os municípios do Estado do Rio de Janeiro, entre eles, Campos. “A obra do mineroduto prevê, ainda, a construção de uma estação de bombas, no meio do caminho [município mineiro], que vai dar potência para continuar levando a polpa de minério”, informou a empresa, destacando que esta polpa é formada por minério e água.

O Mineroduto Minas-Rio, de aproximadamente 525 quilômetros de extensão, atravessará os municípios de Porciúncula, Natividade, Itaperuna e Bom Jesus de Itabapoana, no Noroeste do Estado, e Cardoso Moreira e Campos, na região Norte Fluminense, até o porto marítimo e futuras instalações de beneficiamento, localizados em São João da Barra. A construção é independente da LLX, subsidiária da MMX, responsável pela obra do complexo logístico do Açu, que inclui o porto. A obra deve cruzar 32 municípios dos dois estados e terá capacidade para transportar 26,6 milhões de toneladas de pellet feed por ano.

Eulálio destaca que a movimentação nos canteiros começou em outubro do ano passado, período em que começaram as contratações. “A previsão é de que a maior concentração de emprego do mineroduto, aqui na região, aconteça em Itaperuna, no Noroeste Fluminense”, diz o sindicalista, acrescentando que estão chegando novas empresas agregadas ao projeto do porto do Açu, como a Techint, Odebrecht e Camargo Corrêa.

De acordo com o presidente do sindicato, a previsão é de que o setor de construção civil continue em alta até 2011 devido a esta e outras construções do município. “Estamos com 163 obras em andamento, sendo 48 prédios nas áreas da Pelinca e do Parque Tamandaré”.

Ele acrescenta que, atualmente, são 17 mil trabalhadores do setor estão empregados e que a previsão era chegar em março com 20 mil, mas uma manobra dos empreendedores estariam estabilizando as contrações e fazendo rodízio de operários para evitar novas contratações tendo como argumento a crise financeira internacional. “Isso é mentira porque, se houvesse crise, ninguém estaria anunciando novos empreendimentos. Isso é para sacrificar os trabalhadores e não dar aumento”, desabafa o sindicalista.

Estado apoia empreendimento que vai levar minério ao porto do Açu
No final do mês passado, o governador Sérgio Cabral publicou decreto no Diário Oficial declarando de utilidade pública para fins de constituição de servidões administrativas, em favor de Anglo Ferrous Minas-Rio Mineração S.A., imóveis e benfeitorias situados nas faixas de terra necessárias à construção e passagem do Mineroduto Minas-Rio. A implantação do empreendimento propiciará o surgimento de uma rede de serviços que dará suporte a pequenas e médias empresas da região mineira, além de possibilitar o escoamento da produção e integração às instalações do Porto do Açu, em São João da Barra.

O interesse público para fins de desapropriação das áreas levantadas e já definidas para a implantação do Mineroduto Minas-Rio, de acordo com o Decreto n° 41.652, evidencia a viabilização de uma nova modalidade para o escoamento da produção mineral, de baixo impacto ambiental devido à moderna tecnologia de propulsão, monitoramento e controle a serem adotados.

O mineroduto vai permitir maior economia em relação aos sistemas de transporte rodoviário e ferroviário. Além disso, a utilidade pública do empreendimento assegurará condições ao desenvolvimento sócio-econômico nas regiões Norte/Noroeste fluminenses, a partir do incremento de atividades econômicas paralelas e da redução do impacto no meio ambiente. A ideia é compatibilizar o crescimento da população com desenvolvimento sustentável regional, além de acelerar a implantação de outros investimentos associados.

Matéria do Monitor Campista: Liliane Barreto

Obs:

Obtive informações com o presidente do Sindicato dos empregados do setor, o Sr. José Eulálio, que a Construtora ODEBRECHT é a responsável pela obra, mas ainda não está contratando ninguém agora porque não há vagas e os trabalhadores estão migrando de um canteiro para o outro.

A nossa expectativa e torcida é que sejam contratados para a obra alguns trabalhadores de nossa região!

Essa é questão!


segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Encerrada a enquete sobre prisão de Mocaiber

A enquete do Blog perguntou: 
Você concorda com o pedido de prisão de Mocaiber?

Veja o resultado e tire suas conclusões:

SIM 21 VOTOS = 77% 
NÃO  6 VOTOS = 22%


Classificação do Estadual do Rio

Grupo A


PGJVEDGPGCSG
Vasco1053111046
Americano95230725
Cabofriense752121082
Duque de Caxias75212710-3
Madureira6513145-1
Fluminense55122660
Tigres Brasil5512249-5
Resende45113610-4

Grupo B


PGJVEDGPGCSG
Flamengo1555001037
Botafogo1254011046
Macaé75212541
Boavista65131761
Friburguense5512279-2
Mesquita5512258-3
Volta Redonda4511358-3
Bangu15014613-7

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Lula divulga nota oficial sobre relacionamento do Governo Federal com os municípios


Lula: Um novo marco

Presidente da República

Rio - Nos dias 10 e 11 de fevereiro, estaremos inaugurando um novo marco no relacionamento entre o governo federal e os municípios brasileiros. Com uma extensa pauta de trabalhos, vamos nos reunir, em Brasília, juntamente com os ministros e presidentes de órgãos federais, com prefeitos e prefeitas de todo o País, independentemente de suas cores partidárias. Estamos convencidos de que somente a junção de esforços e a parceria entre as diversas instâncias governamentais poderão dar conta das imensas demandas da população. Durante o encontro, vamos apresentar aos gestores municipais os problemas que consideramos prioritários e quais são os programas federais adequados para tratar de cada um deles.

Em 2003, em meu primeiro ano na Presidência, fui ao encontro da Marcha dos Prefeitos, sendo a primeira vez que um presidente participava, e reconhecia a legitimidade, do movimento anual articulado pelas entidades nacionais de municípios. Nasceu, então, o Comitê de Articulação Federativa (CAF), presidido pelo ministro da Secretaria de Relações Institucionais e que funciona como um espaço de negociação e pactuação com as entidades nacionais de municípios.

Desde então, tenho não só participado de todas as Marchas, como venho elevando consideravelmente os recursos repassados aos municípios nas áreas de saúde, educação, transporte escolar etc. O Fundo de Participação dos Municípios passou de R$ 19,3 bilhões, em 2003, para 42,3 bilhões, em 2007, um crescimento de nada menos que 119%.

Agora, pela primeira vez, a iniciativa de reunir os prefeitos partiu do próprio governo federal. Relacionamos as 10 questões mais sérias que afetam os municípios e sistematizamos as formas de enfrentá-las em bloco. Editamos uma Agenda de Compromissos que será distribuída a todos os prefeitos e prefeitas, com a descrição dos problemas e com a relação de todos os programas federais adequados a cada um.

Os prefeitos terão à disposição todos os esclarecimentos necessários sobre o acesso e a implementação de cada programa. Na própria Agenda, há espaços para que o gestor estabeleça um plano de metas a serem cumpridas ano a ano, até o final do mandato, e informações sobre como monitorar e acompanhar o cumprimento do que foi planejado.

Entre as questões relacionadas, estão a mortalidade infantil, a falta de registro civil, o analfabetismo e a desigualdade social. Além dos 10 compromissos, vamos estabelecer um roteiro para a adoção e execução das obras do PAC e dos programas sociais, como o Plano de Desenvolvimento da Educação, o Mais Saúde, o Mais Cultura, o Bolsa Família e os Territórios da Cidadania. Daremos atenção especial aos municípios menores e às regiões mais distantes dos grandes centros.

Segundo dados do IBGE, de 2007, a maioria da população — 53,6% — mora em apenas 4,5% dos municípios. Na outra ponta, 18% vivem em 72% das cidades. Isso mostra forte concentração populacional, resultado de um fluxo migratório que esvazia as pequenas cidades e provoca um inchamento das maiores, com todos os problemas dele decorrentes.

O enfrentamento das questões elencadas será um antídoto contra a crise econômica que veio de fora. Da mesma maneira que os países, os municípios sofrem de maneira diferente os efeitos da crise. Aquele que for mais ativo, que aproveitar as oportunidades oferecidas pelos vários programas governamentais e que criar grupo gestor do PAC no município para monitorar a execução das obras, será menos afetado.

Investindo em obras e programas que têm por objetivo a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e a melhoria do ambiente empresarial, com a criação de novos postos de trabalho, estaremos tornando atraentes os pequenos e médios municípios e contribuindo para a desconcentração populacional. Com os avanços resultantes da união de esforços entre o governo federal e os governos municipais, o maior beneficiado será o cidadão brasileiro.

Obs: As portas estarão bem abertas para Rosinha amanhã, no encontro com Lula.

Mas vale lembrar que existe uma questão: Garotinho não pára de criticar o Lula, mesmo com o presidente aparecendo com mais de 80% de aprovação do seu governo.

Será perseguição?


Blogueiro resgata a memória de Santo Eduardo

Santo Eduardo em 1955

Não posso deixar de reforçar a divulgação do trabalho do mais novo blogueiro de Santo Eduardo, o Blog Santo Eduardo......, do jovem Frederico Andrade. (clique aqui e veja). Ainda mais porque que se trata da área que mais gosto, a fotografia.
Não dá mesmo para passar despercebido quando a gente se depara com uma foto como essa aí de cima, não é verdade?.
Na foto, Santo Eduardo antes do calçamento da Rua 13 de Outubro.

Bom, pra mim então que não sou dessa época, parece que as imaginações surgem; uma verdadeira viagem ao túnel do tempo!

Parabéns Frederico, e siga em frente!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Bandas de Fanfarras revitalizadas: Promessa da Secretaria de Educação de Campos

A Banda João de Deus se apresentando na Festa de Santo Eduardo de 2008


Aconteceu em Macaé neste último final de semana um curso de capacitação específico para Bandas de Fanfarras, com a participação de cerca de 18 regentes e 22 alunos de todo o município de Campos.

Nesta ocasião foram ministrados cursos de Regência, harmonia, Coreografia e Técnica de Instrumentos de Sopro e Percussão.


Bom, você pode estar perguntando: o que isso tem de interessante?

Na minha opinião, tem tudo a ver. Além de proporcionar cultura e lazer, resgata muitos jovens que vivem numa condição de inércia total, sem falar em outras coisas, para uma ocupação saudável e que pode levá-los a seguir uma carreira promissora.

Exemplo de sucesso nesse seguimento nós temos aqui na terrinha e nos tem dado muito orgulho - a premiadíssima e prestigiada BANDA DE FANFARRA JOÃO DE DEUS.
O regente Juliano Péres, regente da Fanfarra João de Deus.
Estive conversando com o nosso premiado regente, o Juliano Péres, e ele me disse que esteve em Macaé com alguns componentes da Banda. Segundo ele, o curso foi de grande proveito e o objetivo é proporcionar à Banda uma melhor estrutura. Ele me contou que esses encontros servem para desenvolver o nível técnico das fanfarras e consequentemente colaboram para uma maior e melhor divulgação do trabalho de todos os envolvidos nestes projetos.

Obs: Os cursos são promovidos pela Federação de Fanfarras e Bandas do Estado do Rio de Janeiro (Faberj), devem acontecer também em Campos, em Julho deste ano.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Festival de Alegre 2009



Ainda está bem longe, mas já foram previamente divulgados os shows do Festival de Alegre deste ano. Dê uma olhada e confira as atrações. Um luxo!

Pedágio já causa polêmica!

A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, solicitou ontem ao secretário de obras do município, Antonio José Petrucci Terra, que se reunisse com representantes da Autopista Fluminense.
O que ficou acertado entre as partes:


- Após acordo entre as partes, ficou acertado que a Autopista fornecerá a todos os moradores das localidades de Vila de Palha, Conselheiro Josino, Ribeiro do Amaro e Guandu, um "TAG", dispositivo eletrônico, que preso ao veículo, acionará automaticamente a cancela e o motorista não precisará nem mesmo parar o carro ao passar pelo pedágio - informou secretário de Obras e Urbanismo.

Clique aqui e leia a notícia no site da prefeitura


Epa, epa, epa!!!!!!!


Ué!, Por que estes Distritos terão este dispositivo para liberar a passagem dos veículos?

Não entendi!
Se estas localidades fazem parte de Campos e terão o passe livre no pedágio, por que os motoristas de Morro do Coco, Santa Maria e Santo Eduardo terão que continuar a pagar esta tarifa?????

Qual é o critério adotado pela Empresa?

Se isso realmente for valer, iremos exigir o nosso TAG também!!!! ora bolas!

Afinal, fazemos ou não parte do município?

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Ano letivo se aproxima e creche de Santo Eduardo continua com obras paralisadas




Uma das maiores vergonhas vistas no Governo de Alexandre Mocaiber em Santo Eduardo no ano passado, a obra da reforma da Creche Professor Paulo Freire, orçada em mais de 192 mil reais continua paralisada.

O motivo na época para a paralisação?
Bom, o que foi especulado é que o dinheiro acabou e a obra teve que parar por falta de pagamento à empreiteira. Dá pra acreditar?

Isso já foi, cabe ao novo governo descobrir pra onde foi a grana, não é verdade?

O que mais interessa no momento:


Vale lembrar então que o ano letivo está quase começando e todas as pessoas que foram prejudicadas, tanto os alunos, os pais e os funcionários como um todo, enfim, todos nós precisamos de uma posição do Governo Rosinha sobre essa questão.

Obs: são mais de 80 crianças que deixaram de frequentar as aulas. Todo o processo pedagógico desenvolvido pelas educadoras foi jogado por água abaixo.

Crise Mundial: Governo Federal lança projeto para incentivar construção civil


Agência Brasil.

Uma das propostas para aliviar o impacto da crise financeira internacional no Brasil prevê IPI zero para mais 1.000 itens da construção civil. A extinção do Imposto sobre Produtos Industrializados será discutida hoje na reunião do Comitê de Acompanhamento da Crise, em Brasília, sob comando do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Em 2006, o IPI era de 5% e foi zerado. Outros materiais, como argamassa e vaso sanitário, tiveram redução de 10% para 5%.

Segundo o presidente da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) e membro do Conselho Curador do FGTS, Cláudio Conz, pesquisa da FGV (Fundação Getulio Vargas) para o setor revelou que, mesmo com a redução do IPI, houve aumento na arrecadação porque um número maior de pessoas passou a consumir. “A arrecadação foi de R$ 6,1 bilhões a mais para o governo. Isso representou 1 ponto percentual do PIB (Produto Interno Bruto)”, disse Conz.

Ele informou que a equipe econômica estuda incluir a compra de material de construção por meio de microcrédito — lei vigente não inclui a modalidade. Outra proposta é desburocratizar o acesso à linha Construcard FGTS, da Caixa Econômica Federal, que exige avalista e fiador para liberar o financiamento de material de construção para famílias com renda de até R$ 1.800. No ano passado, o limite de empréstimo subiu de R$ 7 mil para R$ 25 mil. A modalidade tem orçamento de R$ 1 bilhão do FGTS.

Outra mudança pode permitir ao mutuário escolher em qual banco quer fazer o seguro habitacional (de vida e danos físicos ao imóvel), cobrança obrigatória nos contratos assinados pelo SFH (Sistema Financeiro de Habitação). Hoje, o seguro é feito na mesma instituição em que é contratado o empréstimo. A medida deve contribuir para que os bancos financiem percentual maior do imóvel (90% e 95%). Atualmente, o empréstimo chega a 80%. Só a Caixa financia 100% com recursos do FGTS. O limite de avaliação do imóvel para compra com o FGTS pode subir de R$ 350 mil para R$ 500 mil.

Mas o governo deve vetar a proposta de abatimento automático de parte das prestações com o FGTS recolhido na conta dos trabalhadores. Hoje, o mutuário pode pagar até 80% da prestação com o saldo da conta, mas ano a ano precisa ir à Caixa “programar” a operação.

QUASE 300 MIL

O número de financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas de poupança atingiu em 2008 a marca recorde de 299.746 unidades. Os dados são da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

Comparado a 2007, a expansão no número de imóveis financiados foi de 53%. A soma do valor financiado ficou em R$ 30,048 bi.

Em dezembro de 2008, o crédito imobiliário com recursos de poupança foi de R$ 2,547 bilhões. A marca é 37% maior que a registrada no mesmo mês do ano anterior. Já o número de unidades financiadas ficou 38% maior (25.494).

Na comparação com o crédito imobiliário concedido pelos bancos, que operaram esses recursos em 2007, houve um crescimento de 64,4%.

No balanço do ano passado, a captação líquida (depósitos menos retiradas) dos recursos da poupança destinados ao Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) aumentou 7,38%, contabilizando R$ 13,854 bilhões. Em dezembro, a captação líquida cresceu 2,06%, chegando a R$ 4,318 bi.

Apesar do clima de pessimismo em função da crise global, a média mensal de financiamento imobiliário no último trimestre de 2008 ficou em linha com a média mensal do ano (R$ 2,5 bi).

De acordo com o presidente da Abecip, Luiz Antonio França, essa continuidade demonstra que a decisão de compra do imóvel foi mantida e que os bancos não ficaram mais rigorosos na concessão de crédito imobiliário. França disse ainda acreditar que o mês de janeiro “deva ser bom”, embora tradicionalmente o período seja de poucas vendas.

Professora Odisséia convidada a fazer parte do Governo Lula


Mais uma campista vai fazer parte do governo Lula. A professora Odisséia Carvalho (PT) vai assumir até o início de março um cargo na Assessoria Especial da Secretaria de Políticas
Públicas para as Mulheres, comandada pela ministra Nilcéia Freire.


Obs: para quem não se lembra de Odisséia, ela esteve presente em Santo Eduardo no comício de Arnaldo Vianna (ainda com a cor dos cabelos escuros),e foi considerada por muitos membros do PT de Campos uma das "peças" que proporcionaram um racha dentro do partido.

Bom, o assunto agora é outro e a circunstância também, então nos resta desejar a ela uma boa sorte na nova empreitada. Tomara que nesta ela tenha mais sucesso!
No palco, digo caminhão, Odisséia aparece ao lado de Arnaldo Vianna, Adriano Santana, Helinho Anomal, o candidato Abud, Claudeci das Ambulâncias entre outros.

Leia a matéria na íntegra publicada no Jornal Monitor Campista sobre o assunto.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Nomeação da Administração em Espírito Santinho

Portaria N° 0699/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE
CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso
de suas atribuições legais,
RESOLVE, nomear, com base no
Decreto nº 028/09, Ivanil Olimpio Crespo,
para exercer na Secretaria Municipal
de Governo, o cargo em comissão
de Supervisor de Serviços Municipais
de Espírito Santinho, Símbolo DAS –
07, com vigência a contar de 01/01/09.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 30 de janeiro
de 2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita –

Nomeação de santoeduardense

Portaria N° 0282/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, no uso de suas atribuições
legais,
RESOLVE, nomear, com base no Decreto
nº 028/09, Marcelo Guimarães Barbosa,
para exercer na Secretaria Municipal
de Família e Assistência Social, o cargo em
comissão de Coordenador dos CSU’s, Símbolo
DAS – 04, com vigência a contar de
01/01/09.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 09 de janeiro de 2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita –

Nomeação da Administração de Santa Maria

Portaria N° 0711/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE
CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso
de suas atribuições legais,
RESOLVE, nomear, com base no
Decreto nº 028/09, Erly Lopes Monteiro,
para exercer na Secretaria Municipal de
Governo, o cargo em comissão de
Supervisor de Serviços Municipais de
Santa Maria, Símbolo DAS – 07, com
vigência a contar de 01/01/09.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 30 de janeiro
de 2009.
Rosinha Garotinho - Prefeita –

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Pedágio para ir pra Campos a partir de hoje

Desde a zero hora de hoje, começou a cobrança do pedágio na BR-101, pela Concessionária Autopista Fluminense, que administra as obras de concessão no trecho da Ponte Rio – Niterói até a Divisa com o Espírito Santo (ES). Por enquanto, a cobrança acontece apenas entre a área urbana de Campos e a Divisa do Estado, sendo o primeiro a entrar em operação na localidade de Guandu.
Valor: R$ 2,50 para automóveis

Você acha justo cobrar o pedágio antes da duplicação da pista?

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Jota Quest no Farol de São Tomé: bom demais

Clique na imagem para melhor visualização

O grupo mineiro Jota Quest fez com que milhares de pessoas comparecessem nesta noite de sábado ao Farol de São Tomé.
Cantando músicas de álbuns antigos e alguns hits do novo cd LA PLATA, o público foi ao delírio com a performance do Grupo no palco armado na aldeia do Sol.

Bom, tive o prazer de estar lá e consegui registrar algumas cenas do show.
Sinta o sucesso!