sexta-feira, 30 de abril de 2010

Gigantes da alimentação



Eles afastam o câncer e os problemas cardíacos, protegem a visão e ainda combatem as alergias que chegam a todo vapor com as estações frias. Com vocês, sete alimentos que fazem milagres ao corpo


Por Lúcia Nascimento


Você já deve estar cansado de saber: para crescer forte e saudá- vel é preciso se alimentar bem. E quando o assunto é fortalecer o organismo, algumas comidinhas são melhores que outras, pois agem contra as doenças que ficam nos rondando, só esperando uma oportunidade para atacar.
Hoje, os cientistas já conhecem o poder de algumas substâncias que ajudam (e muito) a aumentar nosso esquadrão de defesa. A seguir, confira sete alimentos que atuam contra diversas doenças.

Fotos: Shutherstock

Brócoli: contra o câncer de mama

Um dos principais componentes do vegetal é o sulforafano, um fitoquímico com propriedades antioxidantes e capaz de estimular enzimas que desintoxicam o organismo. Essa substância é encontrada em uma quantidade 20 vezes maior no broto de brócoli. Estudos têm provado seu poder contra o câncer de mama. Um trabalho recente feito por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, concluiu que ratos que receberam por via oral o sulforafano tiveram os tumores mamários inibidos.
Outra pesquisa, esta realizada pela Universidade de Warwick, na Inglaterra, também encontrou benefícios no consumo de brócoli, outra vez por causa da presença de sulforafano. Esse composto, além de ter ação anticâncer, seria responsável pela produção de enzimas que protegem os vasos sanguíneos (capazes de reverter males ao coração). Coma uma porção por dia.

Manga: reduz o risco de câncer bucal

Quem nunca se lambuzou comendo manga perde uma boa chance de se divertir - e de se proteger contra o câncer de boca. A fruta contém uma substância chamada lupeol, que pesquisadores da Universidade de Hong Kong acreditam ser potencialmente benéfica na redução do risco de desenvolver essa doença. "O lupeol bloqueia uma proteína natural que tem como função auxiliar o crescimento celular, reduzindo a disseminação do câncer", diz a nutricionista Beatriz Botéquio de Moraes, da Equilibrium Consultoria, em São Paulo.


O estudo, publicado no Journal of Cancer Research, concluiu que o lupeol diminui a propagação do câncer e reduz o tamanho do tumor. "A manga também é rica em betacaroteno e vitaminas C e E, que são substâncias antioxidantes", explica a nutricionista. Os antioxidantes, segundo ela, protegem as células da ação dos radicais livres - compostos gerados pelo metabolismo, que são capazes de danificar as células - diminuindo reações causadoras de doenças como o câncer. Coma três mangas por semana.

Aspargo: protege o coração

Quando digerimos carnes ou laticínios, o corpo produz homocisteína como resultado.
Esse aminoácido, caso fique em excesso no sangue, aumenta o risco de coágulos e de entupimento das artérias, além de poder originar a aterosclerose (entupimento das artérias). Comer vegetais e frutas ricos em folato, como o aspargo, é a solução para manter os níveis de homocisteína lá embaixo. Por quê? Simples: o nutriente reduz a concentração do aminoácido no sangue.

Um trabalho publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, que acompanhou a dieta de 65 participantes, concluiu que o aumento de folato no sangue reduziu a homocisteína em diferentes graus, diminuindo, assim, a chance de problemas cardíacos. Oito aspargos cozidos no vapor garantem 20% da necessidade diária de folato para adultos.

Cenoura: mantém a retina saudável

Uma das mais famosas aliadas da saúde dos olhos é a vitamina A, que pode ser encontrada na cenoura, nas folhas de brócoli, na couve, no espinafre, no tomate, na manga, entre outros alimentos. Sem ela, pode ocorrer sensibilidade à luz e deficiência da visão noturna. Com apenas 100 gramas desse legume, as necessidades diárias de vitamina A são mais do que satisfeitas.
"O betacaroteno é a substância presente na cenoura que será transformada em vitamina A dentro do organismo. Ele é responsável pela coloração alaranjada do vegetal e ajuda a manter o desempenho dos receptores da retina, melhorando a visão", afirma a nutricionista Lara Natacci, mestre em ciências pela Universidade de São Paulo (USP) e sócia da Nutrivitta Assessoria Nutricional. Além disso, o betacaroteno é responsável por manter o bom estado da pele e das mucosas.


Tomate: limita os efeitos dos raios UV

Vai à praia no fim de semana? Então não esqueça o protetor solar e... o molho de tomate. Isso mesmo! Uma pesquisa realizada por pesquisadores das universidades de Manchester e de New Castle, no Reino Unido, chegou à conclusão de que as pessoas que comem cinco colheres (sopa) de polpa de tomate diariamente possuem 33% mais proteção contra queimaduras causadas pelos raios solares. É como se você tivesse passado bem menos protetor solar e obtivesse o mesmo efeito.
O destaque do fruto, que vem sendo apontado como um escudo contra os raios ultravioleta, é o licopeno, que também é conhecido por ser um poderoso antioxidante - daqueles que combatem os radicais livres e previnem diversos tipos de câncer. Além de ser uma boa economia, já que os cremes contra raios solares são caros, o tomate ainda é boa fonte de fibras, fundamentais para uma vida saudável.

Semente de girassol: combate alergias respiratórias

Chegam as estações frias e, de "brinde", os resfriados e alergias. É um tal de nariz coçando pra cá, de nariz vermelho pra lá. Pois saiba que algumas mudanças simples na dieta podem contribuir para aliviar essa situação - desde que elas reforcem o sistema imunológico.
Para isso, a semente de girassol é uma boa pedida, pois possui vitamina E que, suspeitam os cientistas, ajuda na tarefa. Essa vitamina protege as membranas das células contra a invasão de substâncias tóxicas e de radicais livres, preservando sua integridade. Uma das certezas que se tem é que a vitamina E é um excelente anti-inflamatório e antioxidante, o que é primordial para afastar o envelhecimento e proteger o sistema imunológico. Coma uma porção da semente torrada por dia.

Semente de linhaça: mantém os lábios hidratados

Toda mulher sabe que, para manter cabelo e pele saudáveis e brilhantes, não basta usar os melhores cremes e xampus. A alimentação é fundamental, porque possui algumas substâncias que agem de dentro para fora, como o ômega-3. "A semente de linhaça é rica nessa gordura benéfica, que vem sendo relacionada à saúde da pele", afirma Beatriz Botéquio de Moraes. São quase 20 gramas de ômega-3 em cada 100 gramas da semente.
Segundo a especialista, essa pode ser a justificativa para que o consumo de semente de linhaça mantenha os lábios hidratados. "O ômega-3 também atua reduzindo a produção de compostos inflamatórios, favorecendo a renovação celular", completa. Não só os lábios se beneficiam: um estudo publicado no Journal of the America Academy of Dermatologyassociou a deficiência de algumas gorduras essenciais, como é o caso do ômega-3, a sérios problemas de pele.



Revista Vida Natural

Nenhum comentário: