terça-feira, 27 de abril de 2010

Presidente do BC defende "paulada" na taxa de juros

O presidente Lula ouviu avaliação do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, de que é preciso dar uma "paulada" na taxa básica de juros da economia

O governo espera, para amanhã, alta de até 0,75 ponto percentual na Selic, hoje em 8,75% ao ano.

Lula tinha expectativa de que o processo de elevação dos juros seria gradual, mas Meirelles o persuadiu de que seria melhor fazer subidas mais fortes em menos reuniões. Argumentou que o desgaste eleitoral seria menor e o efeito, mais rápido.

Antes da conversa reservada com Meirelles, Lula tinha expectativa de alta de 0,25 ponto. Mas, como havia uma combinação com Meirelles para retardar a alta dos juros neste ano, seria necessária uma subida mais forte na reunião de hoje e amanhã do Copom, o Comitê de Política Monetária.

UOL

Nenhum comentário: