sexta-feira, 4 de junho de 2010

PT na Justiça contra Serra

O PT anunciou ontem que vai entrar hoje na Justiça com representação contra o pré-candidato do PSDB a presidente, José Serra, por ele ter acusada a pré-candidata petista, Dilma Rousseff, pela suposta elaboração de dossiês para prejudicá-lo na campanha. O presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que o partido vai interpelar Serra.

“Decidimos interpelar o Serra judicialmente, por suas acusações a Dilma e ao PT, sobre o tal dossiê. Quem não deve não teme”, disse Dutra pelo Twitter. A declaração é mais um capítulo da polêmica que virou o caso. De acordo com denúncias da revista ‘Veja’, assessores da campanha de Dilma estariam preparando dossiês contra Serra. O PT nega as acusações.

Na quarta-feira, o tucano responsabilizou diretamente Dilma pela suposta elaboração dos documentos. “A principal responsabilidade por esse novo dossiê é da candidata Dilma Rousseff. Disso eu não tenho dúvida”, afirmou Serra. “O PT reafirma que nunca sua direção nacional nem a coordenação da campanha de Dilma Rousseff determinaram a elaboração de qualquer dossiê a respeito. As especulações acerca do suposto dossiê estão sendo alimentadas pela oposição numa tentativa desesperada de buscar reverter um quadro eleitoral adverso”, afirmou o presidente do PT ontem, por nota.

O PSDB menosprezou a decisão dos petistas. “Toda essa manifestação do Dutra ou de gente como ele tem um objetivo: esconder Dilma. Trata-se de uma inversão ética completa”, afirmou o senador Sérgio Guerra (PE), presidente nacional do PSDB. Para ele, a interpelação de Serra pelo PT visa “salvar Dilma da trapalhada porque ela nunca sabe de nada”.

O Dia

Nenhum comentário: