quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Secretário estadual de Educação anuncia plano para melhorar ensino

O novo secretário estadual de Educação, Wilson Risolia, falou, nesta quarta-feira, pela primeira vez sobre os desafios da sua gestão na nova pasta. Entre as prioridades estão um diagnóstico completo da rede, que será  seguido de avaliações periódicas para professores, diretores e alunos. O projeto faz parte da execução de um plano de metas, que vai premiar os professores que alcançarem bons índices educacionais.
-  Penso a educação como negócio. Vou levar um produto a um público e preciso saber se o produto é bom e como o consumidor, que é o aluno, está recebendo esse produto. Vamos dar sequência a avaliações periódicas que vão servir para um sistema de bonificação, como é feito pela Segurança. Saberemos avaliar pelos índices de desempenho que já estamos construindo -  afirmou Risolia, que começará a implementar as metas no início do ano.

Para os professores, o novo secretário garantiu investimentos na melhoria dos salários e da qualificação profissional. Utilizando expressões da área econômica, Risolia deixou claro que, em troca, cobrará bons resultados.
- Vamos dar elementos para que eles consigam desempenhar essa função, valorizando muito esse professor, mas vamos cobrar algo que em finanças é chamado de taxa interna de retorno. Há uma relação de troca. Daremos as ferramentas, saberemos valorizar, mas queremos obter resultado. Meu compromisso é o de colocar o Rio na posição que ele merece. Como gestor público, me comprometo a levar o Estado a uma posição digna  - afirmou.
Risolia, até esta terça-feira, era diretor-presidente do RioPrevidência. Ele foi nomeado em substituição a Tereza Porto, que estava à frente do cargo desde fevereiro de 2008. O novo secretário terá o objetivo de melhorar a qualidade do ensino. Avaliação do Ministério da Educação mostrou que a rede estadual obteve a segunda pior colocação no ensino médio, ficando atrás apenas do Piauí. 
Matéria do Extra

Nenhum comentário: