sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Rio reage à nova covardia cometida por deputados

Governador Sérgio Cabral confia no veto de Lula ao projeto de lei aprovado na madrugada de ontem que reduz royalties em 96%


A manobra de deputados federais retirando 96% dos royalties do petróleo do Rio em votação simbólica na madrugada de ontem assustou o Rio e fez autoridades correrem para cobrar de forma sutil o prometido veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Da Argentina, o governador Sergio Cabral assegurou que acredita no acordo fechado com Lula e não trabalha com outra hipótese. “O presidente Lula assumiu um compromisso e ninguém duvida da palavra do presidente”, disse, para logo após demonstrar a preocupação: “É a falência do estado do Rio. Prefiro nem tecer comentários sobre isso diante do absurdo que é e diante do compromisso que o presidente Lula assumiu publicamente de vetar essa barbaridade”.



Leia a reportagem na íntegra do periódico O Dia clicando  aqui

Nenhum comentário: