quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Internet alcança marca de 2 bilhões de usuários no mundo, diz ONU

O número de usuários da internet alcançou, no fim de 2010, a marca de 2 bilhões de usuários, disse Hamadoun Toure, responsável pela agência de telecomunicações da ONU (Organização das Nações Unidas), nesta quarta-feira (26).
De acordo com a agência, nos últimos dias do ano, o número estimado de internautas era de 2,08 bilhões.  Na mesma data, em 2009, o número de pessoas que acessaram a internet no mundo era de 1,86 bilhão. Com essa marca, e considerando que a população mundial é de 6,8 bilhões, é possível dizer que quase uma pessoa a cada três do mundo já navegou na rede.Da grande massa de internautas que acessou a web em 2010, 57% são de países em desenvolvimento.
No que diz respeito a assinatura de banda larga fixa no mundo, o índice já ultrapassou a faixa do meio bilhão de usuários. No fim de 2010, a ONU contabilizou 555 milhões de usuários. Já o número de banda larga móvel foi bem maior: 940 milhões.
O maior crescimento no número de pessoas que acessam à internet ocorreu na Ásia e no Pacífico somando mais de 100 milhões de usuários. Ao todo, a região contabilizou 857 milhões – grande parte dessa quantia deve-se à população da China que usa a rede.
No entanto, a maior densidade de acesso ainda é na Europa, seguida pelas Américas, nos países que faziam parte da república soviética e países árabes. Essas duas últimas regiões têm apresentado crescimento constante. Só nos países árabes, por exemplo, dobrou o número de internautas em cinco anos. Hoje estima-se que há 88 milhões.
Telefonia
O número de assinaturas de telefones móveis passou a marca simbólica de 5 bilhões, comentou o secretário geral da agência de telecomunicações da ONU a jornalistas.“No começo de 2000 havia apenas 500 milhões de assinaturas de serviços móveis no mundo e 250 milhões de usuários da internet.”
O número contabilizado pelo órgão da ONU é de 5,28 bilhões de assinaturas no mundo no fim do ano passado, comparado a 4,66 bilhões de 2009. “A grande alta do número de assinaturas de telefonia móvel está diminuindo e nós não teremos mais crescimentos na casa dos dois dígitos”, disse Susan Teltscher, chefe de informações de mercado e estatística do ITU – órgão da ONU da área de telecomunicações.
As linhas fixas têm apresentado queda nos últimos quatro anos. Atualmente, no mundo, estima a ONU, há 1,2 bilhão de assinaturas.
* Com informações da AFP

Nenhum comentário: