sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Carnaval: localidades mais pobres do município terão" folia" com apoio da prefeitura

Bom, como sempre, no Farol de São Tomé, atrações de nível nacional, como por exemplo, o grupo Parangolé que abre a folia na sexta-feira. Mas calma minha gente, vai ter Carnaval na roça também.


Confira:


Por determinação da Prefeita Rosinha Garotinho, localidades mais distantes também terão programação de Carnaval. “Esta iniciativa, além de oferecer opção de lazer para os moradores, movimenta o comércio local. Neste período, comerciantes de localidades mais distantes da sede do município não faturavam e, agora, o movimento vai ficar no local”, lembra o presidente da Fundação, destacando a passagem social a R$ 1 que vem contribuindo para que milhares de pessoas tenham acesso à programação do Farol e de outras localidades. 
    
A programação inclui shows dos dias 5 a 8 nas localidades de Lagoa de Cima , Rio Preto, Travessão, Santo Eduardo, Santa Maria, Tócos e Dores, a partir das 22h, além das comunidades da Baleeira e Tira-Gosto. A prefeitura também está apoiando manifestações populares como desfile de bois, blocos e bandas em Travessão, Tócos, Dores de Macabu, Santo Eduardo, Morro do Coco e Santa Maria, a partir das 22h, com exceção de Santa Maria, que será à meia-noite. 



No Carnaval de 2010, Santo Eduardo recebeu até uma bateria de uma Escola de Samba. Vamos ver nesse ano o que vai acontecer.
Fonte: campos.rj.gov.br

10 comentários:

Washington Campos disse...

Aguardem 2012, vamos fazer o melhor carnaval de rua de todos os tempos e creio sem o apoio da prefeitura. Quem viver verá. Agora em breve já teremos demonstrações, se Deus quiser, que podemos realizar muitas ações na área cultural. Maio tá chegando.

Washington Campos disse...

Em breve teremos surpresas nos eventos realizados na região. Quem viver verá. Aguardem

Sandro disse...

Ai ai, esse cara é brincadeira, Arnaldista convicto de sangue e coração, deve estar defendendo o estado de Cabral, que esta mais para cartel.
Nunca fez nada para nossa localidade.
Alias se ele não percebeu a reportagem demonstra apoio da prefeitura.
Fala sério...

Blog do L. Werneck disse...

Sandro
Arnaldista foi ótimo!!! kkkkkkkkkkkkkk

Você realmente não deve me conhecer!!!
Faça o seguinte: dê uma olhada em postagens mais antigas do meu Blog e constatará certos detalhes sobre a minha posição política; lá você verá que busco apenas chamar a atenção para os probelmas da minha comunidade e apontar os culpados pelos descasos.
Vivo de forma independente e não pretendo me aliar a nenhum desses dois grupos políticos, que torram o dinheiro público e que se confundem em um só, essa é que é a verdade.

Venha visitar a minha região que você entenderá exatamente o porque da minha insatisfação.

Anônimo disse...

Carnaval faz parte enquanto lazer, mas nem só de circo vive o ser humano!
Abraços, Lenilson. Continue sempre nos informando sobre o que se passa na nossa amada terra. Gosto de sua isenção, relata o que acontece e tece a sua opinião cítica construtiva..É o primeiro blog que abro sempre.

Anônimo disse...

Lenilson, preste atenção...
A mensagem foi para o Sr. Washington, não para você, que alias nem conheço.
E sim para ele que nunca fez nada para nosssa comunidade, e agora quer bancar o tal...
Deveria ficar por Campos, para onde foi apdrinhado por certos políticos se é que você me entende.

Blog do L. Werneck disse...

Agora entendi porque você foi claro.

Washington é uma pessoa do bem, que trabalhou na prefeitura sim, mas mostrou serviço para muitos de nossa região.
Ninguém é perfeito, todos nós temos imperfeições.

Ademir disse...

É muito estranho ele crer que será sem o apoio da prefeitura, ou melhor, não é nada estranho. 2012 ano de eleição, ele juntinho com o Estado(oposição),é claro que a prefeita não é panaca de dar algo em sua mão, até por que, o que ele representa????
POde até enganar os de Santo Eduardo, por que aqui em Santa Maria ele nem cisca.

Washington Campos disse...

Acho que estou encomodando muita gente. Sou funcionário concursado, não possuo cargo de confiança, o que quero discutir é que nossas comunidades estão muito dependentes da prefeitura. E principalmente na área cultural, onde a prefeitura investe muito, porém creio, que o investimento poderia ser melhor. As melhores festas são aquelas em que a comunidade festeira está integrada no processo, e não apenas shows num final de semana. As festas no interior são muito mais que isso. São festas das localidades onde os familiares se encontram e comemoram juntos. Sandro não tenho vínculo nenhum com partido político, trabalhei no governo entre 2005 e 2008 e o que deixei são 4 contas aprovadas no TCE/RJ. Sempre quiz o bem para a região e brigo quando alguém a critica, sou filho da terra, tenho ótimos amigos em Santo Eduardo. O que proponho é que existem várias formas de incentivo a cultura, principalmente através das leis de incentivo, um exemplo te falo, estamos com 2 projetos pré aprovados na Secretaria de Cultura do Estado e um Festival de Música, pré aprovado na Petrobras, porém existem ainda Eletrobras, Itau, Caixa, Banco do Brasil e por aí vai quye investem milhões. Não vamos criticar vamos montar juntos projetos culturais que tragam beneficios e união a nossas comunidades. Pra finalizar me direciono ao Ademir que deve ser um pseudo, em Santa Maria tudo que se tenta realizar as pessoas acham que tem vinculo político, que há segundas intenções por trás, o que causa desânimo e desconforto. Não estou aqui pra dizer que se a prefeitura quiser ajudar no carnaval que ajude, mas através de mecanismos claros e transparentes, creio que com o Funcultura criado pela prefeita Rosinha, as coisas na área cultural tendam a melhorar. Vamos aguardar.

Igor Alvarenga disse...

Estou com o Washington nessa, independente de lado político.
Inclusive, se me permite, lhe dou uma dica: Não fala mais nada sobre os seus projetos. Faça-os em silêncio.
No ano passado idealizei uma fábrica de farinha para instalar aqui. Geraria empregos, ajudaria a quem tinha um pedaço de terra, enfim... Sabem qual foi o meu erro? Falar demais. Falei sobre o Projeto e até o mostrei a várias pessoas.
Te pergunto: Consegui alguma coisa? Claro que não!
Infelizmente esbarrei na falta de um avalista. A Analista de Projetos do Fundecam adorou o meu Projeto, mas ficou nisso.
E ainda teve gente que pensou que eu queria concorrer com a Farinha Rosa, quando na verdade o meu intuito era fornecer à mesma a matéria-prima que ela vai buscar longe.
Dou o Projeto a quem quiser e de graça, pois já não tenho mais vontade alguma de investir aqui.