terça-feira, 22 de março de 2011

Mais de meia tonelada de maconha apreendida em Travessão




O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, participa, junto com a Polícia Federal (PF), em auxílio à 2ª Promotoria de Investigação Penal de Campos, da operação “Mil Grau”, deflagrada na manhã desta terça-feira. Aproximadamente 543 quilos de maconha foram apreendidos na casa da mãe de um possível traficante, próximo a um canavial, no distrito de Travessão de Campos. Essa foi a maior apreensão de drogas já registrada em Campos.

Segundo o Delegado da Polícia Federal, Paulo Cassiano, foram expedidos dois mandados de busca e apreensão para advogados suspeitos de exercerem papel de informantes a membros da quadrilha que estão cumprindo pena na Casa de Custódia Carlos Tinoco da Fonseca.  Também foram expedidos 25 mandados de prisão, sendo que 14 foram cumpridos somente dentro da Casa de Custódia e mais seis pessoas foram detidas. Dos cinco foragidos, três foram identificados como Luiz Alberto da Silva Amaral, mais conhecido como Pomada; João Carlos Nogueira, o “Vulgo Calinhos” e Charles Bernardo de Souza. De acordo com o Ministério Público, os dois “sócios” que comandavam o esquema foram presos.

A quadrilha investigada conta com pelo menos 30 integrantes, controla o tráfico e a distribuição de maconha, cocaína e crack em comunidades de Campos e municípios próximos, como Bom Jesus do Itabapoana, Cardoso Moreira, São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, segundo Paulo Cassiano.

Folha da Manhã


Nenhum comentário: