quinta-feira, 17 de março de 2011

Rosinha "puxa orelha" de secretários

Ao notar que a população da localidade de Tocos não ficou satisfeita com a localização de um palco montado no Carnaval, a prefeita Rosinha Garotinho (PMDB) usou o microfone de uma rádio local para puxar as orelhas de alguns colaboradores. A postura de Rosinha revela que ela não quer ser cobrada por situações que deveriam ter sido resolvidas por quem ganha para isso. A informação sobre o “pito” de Rosinha foi divulgada, nesta quarta-feira, na Folha pela coluna “Painel”, do jornalista Saulo Pessanha.

Segundo Saulo, Rosinha não gostou de ouvir reclamações dos moradores da localidade. Ela estranhou o fato de ninguém ter checado o local onde foi montado o palco para a população se divertir. Na repreensão aos subordinados, lembrou que não é tarefa dela ter que escolher os locais. “Cadê o supervisor, o coordenador de área e a Fundação Oswaldo Lima, que contrata e não manda alguém para definir a localização?”, questionou Rosinha.

Folha da Manhã

Nenhum comentário: