quarta-feira, 20 de abril de 2011

Hospital de Santo Eduardo agora tem como referência o HGG e não mais o Ferreira Machado


Foi oficializado nesta terça-feira (19) pelos Hospitais Geral de Guarus (HGG) e Ferreira Machado (HFM), a reorganização do atendimento de urgência e emergência no município. Pelo entendimento, o HGG passa a ser referência para as unidades pré-hospitales de Santo Eduardo, Morro do Coco, Travessão e Guarus, pois estão na margem esquerda do Rio Paraíba do Sul. O Ferreira Machado fica como referência para as unidades pré-hospitales da Saldanha Marinho, São José, Ururaí, Farol, Baixa Grande, Tócos e Sapucaia, por estarem localizadas na margem direita do Rio Paraíba do Sul. 
 
Duas novidades surgiram com a mudança: a primeira é que antes de ser referenciado, o atendimento a pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico e cirúrgico no HFM, uma equipe irá a São Paulo visitar um hospital de excelência na doença e depois treinar as unidades 24h para detectarem o AVC. A previsão é de que, em 60 dias, o novo sistema já esteja operando. A outra é que as emergências clínicas adulto e pediátrica serão referenciadas no HGG. Já as urgências pediátricas cirúrgicas serão no HFM. 
 
Entendimento entre HGG e HFM – O Ferreira Machado atenderá os casos de urgências de AVC hemorrágico e cirúrgico e emergências traumáticas. Já o HGG, ficará com as urgências cirúrgicas abdominais e parte das emergências clínicas. O acordo definiu as Unidades Básicas de Saúde (UBS) 24h, de acordo com sua localização, ou seja, margens direita e esquerda do Rio Paraíba do Sul.
 
- Foi super produtivo. Avançamos, pois reconhecemos o que deve ser feito e vamos trabalhar juntos para resolver o que deve ser feito. Quanto o atendimento a pacientes com AVC, antes é preciso qualificar os profissionais das unidades 24h - , destacou o diretor do HFM, Ricardo Madeira, ressaltando que esse entendimento é fundamental para a população.

Com informações de Márcio Fernandes, do site campos.rj.gov.br.

2 comentários:

Edison Correa da Rocha disse...

É amigo Lenilson, tem certos blogueiros que não gostam de ouvir certas verdades, mesmo essa verdade vindo de um seu seguidor. Após ler uma postagem em que ele critica o abandono em que se encontra o interior do estado pelo governador Sérgio Cabral, após as eleições. Peguei uma deixa e critiquei também o estado de abandono em que se encontra o interior do município, principalmente a região norte, crítica tipo um debate que tive com o nosso amigo Júlio em seu blog esta semana, enfatizando vários ítens, como ruas abandonadas, deficiências nos hospitais, nas escolas, falta de creches, promessas de apoio as cooperativas e mais alguns ítens. Acho que ele não gostou de ler essas verdades e não publicou, mesmo frisando sendo seu eleitor, mas não tem problema não, com essa atitude, ele só estará perdendo, mais ou menos, entre 200 a 250 votos certos, o que não vai fazer falta perto dos quase 700.000 que ele teve.
É por essas e outras que não somos mais " CAMPISTAS ", agora nós somos " CAMPO-GOYTACAZENSE" é mole?

Anônimo disse...

O quê, siminino!
O Hospital de Guarus está s u c a t e a d o!!!
Ontem mesmo uma pessoa daqui foi lá fazer um exame simples e voltou pois o aparelho está q u e b r a d o!
Para ela foi de rotina, mas e se fosse de urgência?
Outro dia chegou uma criança precisando de um procedimento urgente e o pediatra que deveria estar lá de plantão estava no Ferreira Machado!!!
Não estou autorizada a dizer nomes em função das perseguições, mas, em breve elas sairão com data e hora marcada!!!
aguardem.
Inté...