segunda-feira, 13 de junho de 2011

Ideli diz que será "firme", mas "afável" na relação com o Congresso

Nova ministra da articulação política prometeu conversar e negociar com a oposição


A ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) afirmou nesta segunda-feira (13), em seu discurso de posse no Palácio do Planalto, que será “firme” em seu novo cargo, mas prometeu ser “afável” na relação com o Congresso. Ideli assume hoje a coordenação política do governo e deixa o Ministério da Pesca e Aquicultura, que fica nas mãos do ministro Luiz Sérgio, antes na articulação política do governo Dilma Rousseff.

- Sempre ganhei mais batalhas conciliando do que divergindo. Serei firme nos princípios e afável na abordagem.

Em seu discurso, Ideli prometeu cumprir os acordos feitos entre a base governista e a oposição. No entanto, disse que sempre vai negociar para que o governo ganhe nas votações no Congresso.

- Não sou pessoa de duas palavras. Acordos serão cumpridos, mas, se modificados, comunicados e negociados.

Ideli afirmou que sua missão na coordenação política será a de garantir o diálogo entre o Congresso e o governo da presidente Dilma.

- Meu trabalho será o de conversar, conversar, conversar e negociar. Governo e oposição podem e devem contribuir para a boa relação entre Legislativo e Executivo. [...] Contem comigo, conversem comigo, divirjam e convirjam comigo. 

A nova ministra pediu o apoio dos presidentes do Senado e da Câmara, José Sarney (PMDB-AP) e Marco Maia (PT-SP), e dos líderes do governo nas Casas, senador Romero Jucá (PMDB-RR) e Cândido Vaccarezza (PT-SP).

- Formaremos um time coeso e determinado que ajudará Dilma e Temer [o vice-presidente Michel Temer (PMDB)] a desenvolver ações que garantirão o desenvolvimento do Estado brasileiro. Cabe a mim apenas coordenar o trabalho, peço a Deus que me ilumine e me dê muito juízo.

Ideli, que em sua fala lembrou os anos de atuação como senadora durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, terminou seu discurso citando uma música de Ivan Lins: “no novo tempo, apesar dos perigos, da força mais bruta, da noite que assusta, estamos na luta, para sobreviver, para sobreviver, para sobreviver. Para que nossa esperança seja mais que vingança, seja sempre um caminho que se deixa de herança”.

A nova responsável pela articulação política do governo aproveitou para desejar boa sorte ao ministro Luiz Sérgio, que assume a Pesca. Ideli pediu que o colega de governo “cuide bem dos peixinhos” em seu novo cargo.



R7

Nenhum comentário: