domingo, 12 de junho de 2011

Quem nasce na primavera tem menos tempo de vida, diz pesquisa

Quando se planeja ter um filho, uma longa lista de informações e exigências vem à cabeça. Agora, mais um item surge para preocupar os futuros papais: cientistas britânicos apontam que o mês e a estação de nascimento podem estar ligados tanto à inteligência quanto à probabilidade de desenvolver doenças diversas. De acordo com a pesquisa, quem nasce entre na primavera tem menos tempo de vida do que os que nascem no outono.

Segundo o estudo britânico, bebês nascidos na primavera têm maiores chances de desenvolver problemas como asma, autismo, esquizofrenia, esclerose múltipla e Alzheimer. Os cientistas acreditam que a exposição ao sol durante a gravidez pode estar ligado ao fato, já que os raios solares diminuem a produção de vitamina D e essa ausência pode resultar em efeitos a longo prazo na saúde.

A "vitamina do sol" é conhecida por regular milhares de genes durante o desenvolvimento e influenciar na saúde do ser humano. Um estudo semelhante feito nos Estados Unidos apontou que os nascidos no outono viviam cerca de 160 dias a mais do que os que nasciam na primavera.

Nenhum comentário: