sexta-feira, 22 de julho de 2011

Membros da oposição em Campos comentaram hoje (22) sobre a pesquisa eleitoral divulgada ontem (21) pelo Blog Opiniões (aqui), do jornalista Aluysio Abreu Barbosa.
arnaldo-300x196
Arnaldo Vianna — Com 16% na pesquisa, o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PDT) disse que ficou animado. “Olha, eu nem estava muito empolgado. Mas depois dessa pesquisa eu me animei. Tenho 16% na pesquisa de um Instituto que é bem íntimo do governo. Além disso, enquanto a prefeita está entregando obras, aparecendo o tempo todo e cantando nos quatro cantos da cidade, eu estou nos hospitais trabalhando. Ou seja, quando a campanha começar de verdade os adversários da prefeita vão crescer. E ainda tem outra coisa. Eles esconderam que a rejeição dela é grande”, analisou Arnaldo.
roberto
Roberto Henriques — O deputado estadual Roberto Henriques (PR), que aparece com 3% na pesquisa estimulada, diz que divulgação do levantamento é estratégia dos governistas. “Eles sabem que existem outras pesquisas e essa divulgação é sinal de desespero. Vejo essa pesquisa com desconfiança. Não é isso que estamos vendo nas ruas. Conheço o Garotinho e sei que ele está tentando contestar o incontestável. Mas aos poucos outras pesquisas irão surgir a realidade vai aparecer”, disse Henriques, que comentou sobre a aparição de Garotinho na pesquisa espontânea. “Era para ele estar muito melhor na espontânea. Só tem 2%. Vale lembrar que ele foi governador e teve uma excelente votação para deputado”, completou Henriques.
peixoto
João Peixoto — O deputado estadual citou a manchete da Folha ao comentar sobre a pesquisa. “A prefeita está na frente. Porém, como mostrou a manchete da Folha, temos 53% de indecisos na pesquisa espontânea. Isso é muito importante. Essas pessoas vão começar a se decidir aos poucos. E quero lembrar que o governador Sérgio Cabral e seus aliados ainda não entraram com força em nosso município. Quando isso acontecer os números vão mudar”, disse Peixoto.
bacellar
Marcos Bacellar — Para o vereador oposicionista, falta credibilidade ao Instituto que realizou a pesquisa. “Na minha opinião esse instituto está mais para imprecisão do que precisão. Quem acompanhou a eleição de 2004 em Campos sabe do que estou falando. Até na Justiça o caso foi parar”, diz Bacellar, que considera cedo para apontar favoritos. “As marionetes do governo estão tentando mostrar a força da prefeita. O governo passa por problemas sérios em áreas como Saúde e Educação. As obras estão paradas e o povo viu que a promessa de mudança ficou no discurso. Essa pesquisa não demonstra a realidade”, opina Bacellar.
rogério-na-rádio-300x225
Rogério Matoso — Ao comentar sobre a pesquisa deste ano, o vereador Rogério Matoso (PPS) se lembrou do último pleito municipal. “No início de 2008 tínhamos Arnaldo Vianna bem na Frente. Inclusive, mesmo depois que Rosinha decidiu se candidatar, ele estava na liderança. Mas aos poucos o jogo foi virando. Isso mostra que eleição se ganha no campo”, disse o vereador, que também falou sobre a rejeição de Rosinha. “Ela está em segundo lugar no quesito rejeição. E quem entende sobre pesquisa sabe que é um fato muito relevante”, afirmou.
Odete Rocha - foto Silvana Rust (03)(2)
Professora Odete — Com 9% na pesquisa estimulada, a Professora Odete (PCdoB) também comentou sobre a pesquisa. “Faltando ainda pouco mais de um ano para as eleições municipais em Campos, é extremamente importante o fato de estarmos pontuando numa pesquisa de intenção de votos, ainda que ela tenha sido encomendada pelo partido do marido da prefeita, que é o PR. De qualquer forma, outro aspecto que entendemos como extremamente positivo é que a maioria dos eleitores — 53% — ainda não definiu o seu voto. Isso sem falar que, no nosso caso, o índice de rejeição é bastante baixo. A tendência é de que possamos crescer muito mais à proporção que o debate democrático seja ampliado. Estarmos bem posicionados numa consulta ao eleitorado nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. Inclusive com a certeza de fatalmente teremos segundo turno no ano que vem. Estamos trabalhando, junto com a Frente Democrática, para isso”, disse.
Blog do Bastos

Nenhum comentário: