sexta-feira, 8 de julho de 2011

TRE nega pedido de impugnação do mandato de João Peixoto

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro negou nesta quinta-feira pedido de impugnação do mandato do deputado estadual João Peixoto (PSDC), em ação movida pelo candidato Cléber Ribeiro Afonso (primeiro suplente de deputado federal do PHS). A relatora do processo foi a juíza Ana Tereza Basílio, que considerou que os elementos apresentados pela acusação não tinham provas suficientes para justificar a impugnação pedida.

Com a decisão, o parlamentar, que é aliado do governador Sérgio Cabral na Assembléia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), segue com seu mandato conquistado nas eleições do ano passado, quando conseguiu 33.203 votos, quase metade deles fora de Campos.

Por telefone, Peixoto afirmou estar feliz com a decisão favorável à manutenção de seu mandado na Alerj e disse que não via condição de ser condenado por uma coisa que, segundo ele, não aconteceu. “Não faço política com raiva. Ganhar as eleições como nós ganhamos, sem recursos, e ainda ser julgado por compra de votos? Sempre acreditei na justiça dos homens e na justiça de Deus e hoje ela foi feita”, relatou, aliviado, o parlamentar.

Peixoto lembrou ainda dos seis mandatos que ele conquistou ao longo de sua carreira política. “Ganhamos cinco mandatos: um de vereador e outros cinco para deputado estadual, sendo que uma eleição foi anulada. Por isso, fico triste de ver que algumas pessoas estão contra mim. Mas elas estão é contra o povo, quando querem tirar meu mandato conquistado no voto”, desabafou.

Folha da Manhã

Nenhum comentário: