sábado, 13 de agosto de 2011

Roberto Henriques solta o verbo em Revista


A revista Somos Assim, que circula a partir de amanhã, traz uma reveladora entrevista com o deputado estadual, Roberto Henriques, na qual ele traça o perfil politico e psicológico(?) do seu inimigo quase cordial, Garotinho, afinal ambos são hóspedes do mesmo Partido, o PR.

Roberto fala com autoridade, conhece o seu principal rival, como poucos. Já foi seu aliado e adversário, ou melhor, inimigo, Garotinho não tem adversários.

Olha aí um aperitivo:

Na última semana, o tempo esquentou na política de Campos por conta de uma verdadeira batalha verbal entre Garotinho e Roberto Henriques. Até um “duelo” foi marcado para a manhã do dia 6, em frente à Catedral São Salvador, no centro de Campos. Tudo começou porque o deputado federal Anthony Garotinho (PR) teria se irritado com declarações feitas por Henriques sobre a Prefeitura de Campos e a viagem da sua família para Bonito (MS), acusando Rosinha de ter usado avião fretado. No “duelo”, então combinado para o dia 6, Garotinho não apareceu, momento em que Henriques lhe entregaria um documento com os termos da “aposta”. Depois, o cara-a-cara ficou para a Alerj, na terça-feira, dia 9, mas Garotinho não foi. Procurado pela equipe da Somos, o deputado Roberto Henriques concedeu uma longa e esclarecedora entrevista à revista, publicada na edição que vai circular nesse domingo (14/08), onde fala sobre todos os detalhes da origem da atual disputa, se defende das acusações de traição e acusa Garotinho de sofrer de “ejaculação precoce intelectual”. O blog adianta alguns trechos da tão interessante, quanto esclarecedora e hilária, entrevista. Confira abaixo:

“Garotinho sofre de ejaculação precoce intelectual e mental. Ele solta as coisas”
“Eu rompi com eles para não romper comigo mesmo. Para não virar lacaio”
“Eu não sou, assim, alguém difícil de conviver, “Ah, Roberto é brigão.”. Eu sou um cara leve, eu sou suave. Quem conviveu comigo sabe: eu exerço o poder com alegria, com suavidade. Eu peço mandando e mando pedindo”
“Ele não pode chegar e dizer: ‘Roberto é um ladrão público’”
“Garotinho é aquele que dá um “pum!” numa roda e diz: ‘Olha, foi fulano que deu o pum aí.’. Aí vai pra outra roda e diz assim: ‘Oh, foi Roberto Henriques que deu o pum!’”
“Ou o Garotinho está de olho gordo no meu mandato? Está querendo que algum “protegido” dele assuma no meu lugar? Tira o olho gordo do meu mandato!” 


Blog do Esdras

3 comentários:

Sandro Rocha disse...

Hahahahaah Cara de Pau!!!!
Me fala , de quem que esse homen não foi aliado e depois desafeto?
Já traiu todos os políticos Campistas.
E se bandeou pro lado do mais ladrão da história, que o tempo irá mostrar, Sérgio Cabral.
Essa somos assim, bancada pela oposição, só ela e algumas pessoas para dar crédito a este indivíduo.
Quero muito que ele venha candidato a prefeito, para ele levar uma coça e ver que poucos gostam de traidores.
E outra, se ele parar de falar em Garotinho vai sumir, pois por si só não ninguém, apenas uma sombra.
Pede pra sair...

Anônimo disse...

Ele deveria ter rompido antes das eleições, pra ver se ele seria eleito. Ele nunca se elegeu a nada!

Anônimo disse...

Coitadinho do garotinho todos traem ele porque será?