quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Músico da banda 'Os Carreteiros' assassinado


Gilmar Rosa foi assassinado na madrugada de quarta-feira (05) após confusão em uma boate no Mato Grosso onde o grupo tinha se apresentado

                                         O corpo de Gilmar será enterrado em Domingos Martins, no Espírito Santo.

A banda já tocou algumas vezes aqui na nossa região e Gilmar era um dos mais simpáticos e talentosos músicos do grupo capixaba que toca forró.



O corpo do músico Gilmar Rosa, da banda capixaba "Os Carreteiros", que foi assassinado na madrugada de quarta-feira (5) em uma boate na cidade de Poconé, no Mato Grosso, já está a caminho de Vitória. O corpo de Gilmar será velado na casa da família, em Domingos Martins, onde ele morava.  


O enterro está marcado para às 17 horas desta quinta (06) no cemitério de Santa Isabel. Gilmar era casado e deixa dois filhos, um menino de oito anos e uma menina de três.


O crime

Gilmar Rosa, de 33 anos, foi assassinado com um tiro no peito após uma confusão dentro da boate Casa Blanca, onde o grupo se apresentava. O proprietário da casa noturna é apontado pela polícia como um dos suspeitos do assassinato.

Um outro integrante da banda também foi baleado na confusão. Sérgio Martins, 44 anos, foi atingido nas costas e está internado em um hospital de Cuiabá, onde passa bem.

De acordo com informações da Polícia Civil matogrossense, por volta de 1h, começou uma discussão envolvendo os músicos dentro da boate. Uma funcionária da casa noturna teria tentado conter o princípío de confusão e recebu um empurrão de um dos artistas.

"A suspeita é de que o dono da boate se irritou com a agressão da funcionária e cometeu o crime. Testemunhas disseram que realmente houve essa discussão entre os membros da banda. Eles mesmos confirmaram a história", disse o titular da Delegacia municipal de Poconé, delegado Bráulio Junqueira.

Segundo Junqueira, na saída do show, dois homens em uma moto fizeram os disparos, em frente à boate. Gilmar não resistiu e morreu no local. A polícia ainda não localizou os suspeitos do crime.



Com informações do Jornal A Gazeta.

Nenhum comentário: