segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Piques de energia em Santo Eduardo neste domingo causam prejuízos aos moradores

Como se não bastassem os outros problemas que temos na localidade, agora parece que começaremos a viver dias de angústia também por causa da aproximação do Verão e suas tradicionais tempestades. Só para complicar mais a nossa situação, agora temos que sair desligando tudo dentro de casa quando começa a se formar apenas nuvens negras no céu pois piques de energia vêm junto com o advento. Apenas ontem, domingo, verificamos cerca de 10 ou mais piques de energia durante a tarde e o início da noite e vale ressaltar que a chuva que veio nem foi tão forte assim, ou seja, dá pra imaginar que há um problema na rede de transmissão, pois a mesma está muito sensível.

O problema de Santo Eduardo e região é antigo e confesso que até tinha melhorado um pouco nos últimos tempos, mas é só começar a chover ou simplesmente ventar um pouco que começa a faltar energia e também a aparecer relatos de moradores com queixas de seus eletrodomésticos queimados. Só na semana passada   soube que houve inúmeros casos de pessoas que tiveram que arcar com os custos para consertar TVs, computadores e outros aparelhos eletroeletrônicos. Quem deveria pagar por esse prejuízo?

Atenção AMPLA! Precisamos de explicações sobre estes acontecimentos e esperamos que sejam tomadas providências o quanto antes para que não possamos vir a ter que acionar a Justiça para nos ressarcirmos dos nossos constantes prejuízos.

2 comentários:

Aline Mazzini disse...

É inacreditável! Anos e anos se passam e Santo Eduardo sofre com esse problema.Se um pequeno pássaro, por ventura, faz xixi no poste, boom! A cidade fica as escuras. Ampla tome providências! Chega de transtornos e prejuízos! Faça juz ao custo absurdo do fornecimento de energia elétrica e forneça um serviço de qualidade!

Anônimo disse...

Façam valer o seu direito, registre na AMPLA os danos causados e peçam ressarcimentos.
Este é um dos caminhos para melhorar a rede na região, pois se eles não pagarem pelos danos não terão interesses em corrigir os problemas.