quarta-feira, 9 de maio de 2012

Caminhão "batiza" Ponte do Departamento em Santo Eduardo

Como já poderia se imaginar, mas não tão rápido, um caminhão baú (segundo informação colhida com um morador do bairro),  que vinha no sentido bairro-centro "batizou" a mais nova ponte de Santo Eduardo.

Estreita demais para quem vem do Bairro; talvez tenha sido este o motivo de o motorista não ter conseguido fazer a manobra corretamente, dando uma "raspadinha" na cabeceira da mesma.

É minha gente, a conclusão é que o dinheiro público neste município, desde os tempos do Arnaldo, são motivos de controvérsias, isso é que é a verdade que não quer calar.

GOVERNO DA MUDANÇA?
 Tá bom, conta outra.
Ponte estreita demais: prenúncio de acidentes.

Uma "raspadinha" leve na ponte nova do Departamento.

9 comentários:

Thiago disse...

Barbeiro, ta na cara que o cara é barbeiro.
A ponte ficou muito para o bairro.
Para quem teve ponte de madeira, e ponte fantasma na época de Arnaldo está uma maravilha.

Anônimo disse...

MINHA CIDADE QUE HORROR!!!!

Pedir à DEUS, que fique nisso, que não aconteça o pior.

Blog do L. Werneck disse...

Thiago, por acaso quem vota no bairro Departamento é diferente de quem vota na Pelinca?

Tomara que você nunca se candidate a nada pois não tem visão pública pensando assim.

Thiago disse...

Lenilson, não seja um demagogo, você queria qual tipo de ponte por lá.
Uma de ouro?
A ponte não está servindo para travessia?
Agora querer passar caminhões fora do padrão é demais.
A realidade é que sempre esteve sem ponte aí.
E agora tem ponte, mesmo não estabelecendo o glamour que vocês querem, foi a única que ganharam em vários anos.
Deviam agradecer, e não reclamar.

Blog do L. Werneck disse...

Thiago...Você é que está sendo prepotente em achar que eu queria uma de ouro.
E tem mais: não se trata de agradecer ou não, porque quando votamos nos candidatos esperamos deles também sensibilidade e trabalho lúcido.
A maioria, inclusive eu, está contente por ter ali uma nova ponte, mas ela custou 188 mil reais e com esse dinheiro poderia ter ficado bem melhor do que a que está erguida ali.

Não subestime meu senso crítico porque ele é bastante aguçado.
Quando critico sou bem claro e objetivo, diferente de certas pessoas que só sabem puxar o saco, menosprezar ou ofender os mais humildes.

REPITO: quem mora em Santo Eduardo, deveria ter o mesmo peso de qualquer outro eleitor do município e acho que isso não é ser demagogo.

Aposto que você não é daqui, ou seja, está pouco se lixando para nosso povo.

THIAGO U.S.M disse...

léo estou com vcs só explicando que não este thiago q ta falando ai não. estou com a comunidade de santo eduardo é muito dinheiro para pouca obra.

Anônimo disse...

Bom dia, não sei de onde é esse Thiago mais com certeza ele não conheçe bem as nossas dificuldades, no bairro departamento é o que mais sofre em Santo Eduardo em todos esses anos ainda temos ruas sem calçamento, sem saneamento basico, pessoas construindo casas dentro da rua praticamente,matando boi na rua, fazendo quebra molas por sua conta propria e não temos a quem recorrer e quando temos a oportunidade para reclamar sem uns desconhecidos como ele e um tão de celio dizer que esta muito bom a ponte do jeito que esta, sim realmente em vista das pontes anteriores uma de cimento é tudo que queriamos mais uma boa ponte não o que foi feito.

Anônimo disse...

a ponte de santa isabel que divide os estados es, rj,gostaria que colacasse um comparativo.
temos é de tirar a carteira destes motoristas e não criticar a ponte.

Anônimo disse...

algumas pessoas não estão entendendo o motivo da reclamação,o problema da ponte, é o traçado de quem vem do departamento para o centro,que está totalmente fora do rumo,e dependendo do tamanho do veículo por mais experiênte que seja o motorista ficaria encalhado,por exemplo:um ônibus da 1001(trucado),teria espaço de sobra no trageto da ponte,indo do centro para o bairro,mas ao sair na cabiceira da ponte ficaria agarrado,e vindo do departamento,não passaria nem a metade do veículo.Agora imaginem em dias de festa no departamento,alguns caras que bebem além da conta e vão dirigir,correm o risco de errar o trageto da ponte e cair no ribeiro,eu mesmo fui lá pessoalmente e ví a "M" que foi feita,quanto a estrutura apesar de terem usado muito ferro ouvi dizer que tem ferro emendado no meio da ponte o que na engenharia civil não é recomendado para esse tipo de construção,isso segundo fontes é do conhecimento do engenheiro que na ocasião foi questionado e com o conhecimento do administrador de Santo Eduardo que nada fez,e não aconselho que passe veículos pesados por motivos óbvios,para os demais sem medo podem passar.