segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Médico diz que Lula está liberado para atividades de campanha

'Se quiser fazer campanha, está liberado', disse Roberto Kalil Filho. Lula fez exames nesta segunda (6) no Hospital Sírio-Libanês, em SP. O cardiologista Roberto Kalil Filho, um dos responsáveis pelo tratamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta segunda-feira (6) que o político teve bons resultados nos exames realizados no Hospital Sírio-Libanês nesta manhã. "O presidente está completamente liberado para suas atividades normais. Se quiser fazer campanha, está liberado", disse a jornalistas na entrada do centro médico, em São Paulo. O ex-presidente deu entrada às 6h45 desta segunda-feira (6) no hospital. Segundo Kalil, Lula foi liberado pouco depois das 12h e disse que iria almoçar com a presidente Dilma Rousseff, que viajou para São Paulo nesta manhã. De acordo com a assessoria de imprensa de Lula, os exames já estavam programados e fazem parte do acompanhamento da recuperação do câncer de laringe. De acordo com o boletim médico, Lula fez exame de sangue, PET-CT, ressonância nuclear magnética e laringoscopia. "Todos os exames foram considerados normais. O paciente foi liberado para atividades normais, sem qualquer restrição de natureza médica", informou a nota divulgada pelo hospital. Mensalão Na quinta-feira (2), o ex-presidente disse que não iria assistir ao julgamento do mensalão, que começou no Supremo Tribunal Federal (STF) no mesmo dia. Ele fez um breve comentário sobre o assunto após receber uma homenagem em São Paulo feita por associações de produtores de biodiesel. Ao ser questionado por jornalistas por que não acompanharia o julgamento, Lula deu uma resposta curta. “Porque estou trabalhando”, afirmou. Segundo a assessoria do ex-presidente, Lula avalia que acompanhar o julgamento é uma tarefa para advogados. G1

Nenhum comentário: