segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Santo Eduardo: trabalhadores da obra da reforma da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida e da Creche Professor Paulo Freire cruzam os braços por falta de pagamento


Em protesto pela falta de pagamento dos salários, os responsáveis pela execução da obra da reforma da creche e da escola municipal em Santo Eduardo cruzaram os braços hoje pela manhã.
Segundo informações, o responsável pela obra não efetuou o pagamento dos trabalhadores porque as guias de pagamento foram enviadas com atraso para a firma.
No local há um gerente administrativo que me informou que amanhã o pagamento estará nas mãos dos contratados e eles voltarão ao trabalho.

É o que esperamos!







2 comentários:

Anônimo disse...

É muito estranho essa notícia justamente no primeiro dia após as eleições municipais.

Osmar Ribeiro disse...

Opa quem sera que nao pagou os operarios ?????