sábado, 12 de janeiro de 2013

TRE condena Miguel Motta, ex-prefeito de Bom Jesus do Itabapoana


O ex-prefeito de Bom Jesus de Itabapoana, e hoje secretário de Obras da cidade, Miguel Ângelo Barbosa Motta, foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, o TER, pelos atos de ilegalidade e improbidade administrativa, quando foi prefeito da cidade, no período de 2001 a 2004.

Com a sentença, Miguel Ângelo vai ter que devolver aos cofres públicos do município R$746.882,82 (setecentos e quarenta e seis mil, oitocentos e oitenta e dois reais e oitenta e dois centavos). Ele ainda terá suspenso os direitos políticos pelo prazo de quatro anos.

A Câmara Municipal de Bom Jesus do Itabapoana e à Prefeitura Municipal, vão ser comunicadas e devem suspender o direito políticos e a perda da função pública do réu, caso eventualmente ainda a exerçam os cargos.

Ururau

Nenhum comentário: