segunda-feira, 29 de abril de 2013

Grupo de Pagode Samba Lá Dá Cá buscando novos horizontes



O Grupo Samba Lá da Cá tem uma história em comum como os demais grupos de pagode. Nasceu nas rodas de samba em Santo Eduardo nos finais de semana, entre amigos, no Bar dos Panteras no ano de 2011. Por incentivo de amigos e familiares as apresentações que antes eram apenas por prazer começaram a ter o desejo de ir bem mais além. Depois de encontros informais e casuais, juntaram-se sonhos, ideais e com muita irreverência surgiu o Grupo Samba Lá da Cá.
O Grupo Samba Lá da Cá começou a se apresentar nos finais de tarde de Domingo em Santo Eduardo e nas localidades vizinhas de Santa Maria, Usina Santa Maria, Espírito Santinho, Carabuçu e Apiacá.

É um grupo de pagode sim, mas que mescla diversos ritmos como: Axé, Forró, Reggae, Sertanejo, Samba Rock e não deixando fugir o verdadeiro Samba, é claro, consegue por onde passa, agradar ao público com seu repertório que é composto por músicas de artistas consagrados.
No ano de 2013, O Grupo vem trabalhando de diversas formas para que suas apresentações sejam de Samba de Roda, Pagode de Mesa ou Palco, para que fiquem mais atraentes com brincadeiras e muita descontração, com músicas de sucesso que mexem com o coração do público.

 Atualmente tem a seguinte formação:

Robson Mathias (Formigão) – Voz e Cavaco
Davi dos Santos – Teclado
Juliano Peres – Surdo e Vocal
Igor Childs – Baixo e Reco-Reco
Cristiano Siqueira – Tantã  e Vocal
Marco Antonio de Sá – Pandeiro e Vocal

Quem não conhece, não sabe o que está perdendo, pois os meninos estão muito animados e irreverentes, não deixando ninguém ficar sem mexer o esqueleto.

Contato:
(22) 2781-1418 - Falar com Camila
(22) 2781-1234 - Falar com Juliano
(22) 2781-1528 - Falar com Robson (Formigão)

Agenda:

30/04/2013 - Calçadão de Carabuçu - Bom Jesus do Itabapoana/RJ
01/05/2013 - Festa Particular - Santo Eduardo, Campos dos Goytacazes/RJ
05/05/2013 - Piscina São Sebastião - Santo Eduardo, Campos dos Goytacazes/RJ

           




Um comentário:

Anônimo disse...

vou ouvir , achei interessante