sexta-feira, 31 de maio de 2013

Pesquisa mostra que 37,2% dos brasileiros não aceitariam filho homossexual

Ex BBB Serginho e seu pai, Irineu.

Você aceitaria com tranquilidade o fato de seu filho ser homossexual? A pergunta foi feita pelo instituto Data Popular a 1.500 pessoas em cem cidades brasileiras: 37,2% disseram que não aceitariam, de forma alguma, a situação. Às vésperas da realização da Parada Gay de SP, uma das maiores do mundo, outros 38% disseram que são contrários a que casais do mesmo sexo tenham os mesmos direitos que os heterossexuais.

A tolerância é maior entre os jovens: entre os entrevistados de 16 a 24 anos, o índice dos que não aceitariam ter um filho homossexual cai para 26%, contra 46,3% dos que têm 50 anos ou mais. As mulheres também são mais flexíveis, em relação à eventual orientação dos filhos, do que os pais.

3 comentários:

Flavia disse...

Aceitar pode até ser esse percentual.Agora pergunta quem quer ter um filho assim...Ninguém queria ter.

Adriano disse...

Esse assunto já está saturado, e realmente concordo com a Flavia, aceitar pode ser, mas torcendo para que seja revertido, ningupem quer ter um filho assim, só a globo para ficar manipulando e incentivando isso.

Anônimo disse...

É um assunto muito polêmico. Só quero lembrar as palavras de Cristo: Amar o próximo como a ti mesmo". Vamos discutir, criticar e ajudar os problemas que envolvem as crianças, os idosos, os dependentes químicos e tantos outros problemas.Só há um juiz. Deixem que Deus julgue a opção de cada um, afinal, Ele nos deu o livre arbítrio e somos responsáveis por nossas escolhas.