quinta-feira, 30 de maio de 2013

Polícia prende em Travessão suspeito de matar taxista de Bom Jesus

Suspeito estava no distrito de Travessão e não reagiu.
Taxista ficou desaparecido por três dias; crime chocou cidade.


Família distribuiu fotos do taxista  (Foto: Priscilla Alves/ G1)
Família distribuiu fotos do taxista
(Foto: Priscilla Alves/ G1)
A Polícia Civil prendeu em Campos dos Goytacazes um suspeito de ter matado o taxista José Wilson Calvário Pereira, de 62 anos. O corpo do taxista foi encontrado no último dia 22 na cidade de Bom Jesus do Norte, ES. O suspeito foi identificado como Paulo César Mendonça da Silva, 25 anos, e foi detido por volta das 11h desta quinta-feira (30).
Segundo informações da Polícia Civil de Bom Jesus do Norte, ES, a operação para prender o homem contou com policiais civis da cidade capixaba e policiais militares da cidade vizinha de Bom Jesus do Itabapoana. O suspeito foi encontrado no distrito de Travessão, em Campos. Ele estava escondido na casa de amigos e estava na rua na hora que foi detido. Segundo a polícia, o homem não reagiu à prisão.
Além do homem detido nesta quinta (30) em Campos, a polícia já prendeu outro suspeito no início da semana, na cidade de Bom Jesus do Norte. Um terceiro envolvido ainda está foragido. Segundo informações da Polícia Civil, as investigações apontaram os suspeitos e o motivo do crime.
Ainda de acordo com a polícia, os três homens estavam bebendo em um bar quando resolveram praticar um roubo para conseguir dinheiro. O taxista José Wilson foi “escolhido por acaso” e foi morto por ter visto o rosto dos criminosos. A polícia informou também que a morte ocorreu por asfixia, já que os assassinos enrolaram todo o rosto da vítima com uma fita adesiva.
Corpo do taxista foi retirado do local com o auxílio de duas cordas (Foto: Priscilla Alves/ G1)
Corpo do taxista foi retirado do local com o auxílio
de duas cordas (Foto: Priscilla Alves/ G1
Os dois suspeitos detidos foram levados para o Centro de Detenção Provisório de Cachoeiro do Itapemirim. A polícia continua as buscas pelo terceiro suspeito.

Relembre o caso:

O taxista foi visto pela última vez na madrugada de domingo (19), enquanto deixava o município de Bom Jesus do Itabapoana em direção ao estado do Espírito Santo. Ele trabalhava em um ponto ao lado da rodoviária de Bom Jesus do Itabapoana. Segundo uma testemunha, ele foi visto pela última vez enquanto transportava outros passageiros dentro do táxi.
O corpo, que estava em avançado estado de decomposição, foi encontrado no último dia 22 na cidade de Bom Jesus do Norte, no estado do Espírito Santo, onde o taxista morava com a família.

G1 - Norte Fluminense

Nenhum comentário: