sábado, 5 de abril de 2014

Capela Mortuária Urgente para Santo Eduardo

CHEGA! Não dá mais pra aguentar tanta omissão dos órgãos competentes para solucionarmos esta questão.

Para quem não sabe, a Associação de Moradores de Santo Eduardo, cuja Sede Social têm sempre servido a população para diversos tipos de evento, de forma gratuita, diga-se de passagem, têm também prestado este serviço para as famílias da localidade. Entretanto, ao meu ver, isso está mais do que na hora de acabar.
Sede da Associação de Moradores: num mesmo dia, às vezes, o local é usado para festas e danças, e horas depois, dependendo da situação, o recinto é adequado para capela mortuária por falta de local adequado no distrito. 
Não dá pra aceitar que num mesmo dia, num mesmo final de semana, ou seja, em poucas horas atrás, alguns de nós tenhamos estado num ambiente com várias pessoas tristes e, de repente, como num passe de mágica, o mesmo ambiente vire um lugar de festa, bebedeira, farra, enfim, de comemoração. A impressão é que isso só acontece em Santo Eduardo mesmo.

É simplesmente ridículo e imperdoável não cobrarmos da prefeitura de Campos uma solução para este caso, já que sabemos que o que não falta neste município são recursos financeiros. Entretanto, o que vemos no nosso distrito, assim como em tantos outros lugares do município é que vivemos mesmo é recheado de pessoas que não têm coragem de cobrar o que é nosso por direito, isso, muito por culpa de nós mesmos que sempre colocamos para tomar conta da gente pessoas ligadas diretamente com o governo de forma de "contratos de confiança", ou seja, estamos sempre amarrados à ineficiência e a subordinação destas pessoas descompromissadas com o coletivo.

Santo Eduardo está, mais do que nunca, necessitando de um espaço adequado e decente para velar os seus mortos. Chega de tanta omissão dos comandantes e representantes do distrito que não  procuram uma solução rápida para esta situação que é, no mínimo, constrangedora.
Funcionários da CODEMCA, órgão responsável pelos cemitérios do município,estiveram no ano passado em Santo Eduardo verificando a antiga Capela Mortuária, que além de estar sem luz e água, ou seja, abandonada, quase nunca foi usada pela população da localidade também por estar muito mal localizada e ser muito pequena.

O que é uma capela, prefeita Rosinha, diante do valor gasto na construção de mais de 100 casas populares? Santo Eduardo merece mais respeito!





Nenhum comentário: