quarta-feira, 18 de junho de 2014

Mocaiber condenado pelo TCE a devolver R$ 62 mil aos cofres públicos

TCE considerou ilegal o pagamento de atualização monetária prevista no Termo Aditivo

TCE considerou ilegal o pagamento de atualização monetária prevista no Termo Aditivo


O ex-prefeito de Campos, Alexandre Mocaiber, foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) a devolver aos cofres públicos o montante de R$ 62.962,91 (24.717,51 Ufir-RJ).

O TCE-RJ considerou ilegal o pagamento de atualização monetária prevista no Termo Aditivo firmado entre a prefeitura e o Centro Cultural Musical de Campos, prorrogando, pelo período de janeiro a dezembro de 2006, o convênio para a manutenção da Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil do município.

A decisão seguiu o voto do conselheiro-relator Aluisio Gama de Souza. O Tribunal de Contas julgou a inclusão da cláusula desprovida de qualquer justificativa, tornando a despesa ilegal e antieconômica.

O Termo Aditivo, o primeiro do convênio com o Centro Cultural Musical, envolveu valor global de R$ 150 mil. O ex-prefeito Mocaiber tem 30 dias para recolher o débito ao erário. Caso não cumpra o prazo, o TCE-RJ já autorizou no processo a cobrança judicial.

Ururau

Nenhum comentário: