sexta-feira, 11 de julho de 2014

Caminhão com carga especial sai da rota original e entra em Santo Eduardo causando vários transtornos a moradores e comerciantes.

Um caminhão da Empresa Transuiça Logística e Transporte, com sede em Serra, ES, e que transportava uma carga especial (imensos cabos em bobina) com mais de 13 toneladas e, que tinha como destino a cidade de Vitória, ES, impossibilitado de seguir viagem pela BR-101 (segundo informações colhidas com o motorista porque havia pontes em obras e o caminhão não tinha como passar) entrou, ao meu ver, equivocadamente, em Santo Eduardo no final da tarde desta quinta-feira (10) causando vários transtornos por onde passava. Foram cabos e mais cabos de telefone e energia elétrica partidos e jogados no chão, fato que deixou algumas residências e comerciantes extramamente prejudicados e revoltados.

O funcionário da Escolta, numa atitude imprudente, tentava o tempo todo desviar sem sucesso os cabos da carga colocando a sua vida em risco durante a passagem do caminhão por Santo Eduardo.


Ao ver a cena, vários moradores imediatamente acionaram a força policial para deter o caminhão, mas a informação no DPO local é que eles não estavam com viatura disponível e não poderiam fazer nada. Para piorar, o contingente da Guarda Municipal que trabalha no distrito no Núcleo Judiciário, também disse que não poderia também sair do local, pois teriam que receber ordens de Campos para realizar qualquer outra tarefa extra. Ou seja, percebemos que estamos vulneráveis a qualquer outra situação como esta, porque na hora que realmente precisamos não temos ninguém para nos amparar. Um verdadeiro absurdo!

Resultado: mesmo depois de todo o estrago, o caminhão seguiu livre e por onde continuou passando, com certeza, deve ter causado outros transtornos.



Desviado da rota original o caminhão saiu pelas ruas afora arrebentando fios de telefone e de energia em vários pontos de Santo Eduardo.

Ao insistir em passar pelas ruas, o caminhão com a carga muito alta, acima do permitido em trafegar em vias públicas saiu destruindo a rede elétrica e telefônica.


Outros caminhões que passaram pelo local saíram levantando os cabos, numa atitude imprudente.
Moradores estão acionando a Empresa para tentar um ressarcimento pelos prejuízos.  Vamos ver se, pelo menos, seremos ouvidos.

Nenhum comentário: