segunda-feira, 9 de março de 2015

Rosinha pedirá licença para tratamento de saúde, anuncia Garotinho; Chicão não assumirá

A prefeita Rosinha Garotinho pedirá licença do cargo para se submeter a tratamento médico. O anuncio foi feito pelo secretário de Governo, Anthony Garotinho, neste domingo(08), durante um encontro com pescadores, donos de frigoríficos e marisqueiras no Farol de São Thomé. Segundo Garotinho, a licença terá duração de 15 dias e será iniciada nos próximos dias.
Garotinho reunião Farol 2
  Foto: Rodolfo Lins / Secom  
A licença teria sido sugerida por médicos que submetem Rosinha à uma reposição hormonal. Ao contrário do que foi inicialmente divulgado, não haverá necessidade do vice-prefeito, Doutor Chicão, assumir o cargo. Rosinha poderá assinar atos administrativos sem a necessidade de sua presença física na prefeitura.

Uma fonte do Campos 24 Horas informa, na manhã desta segunda-feira, que  a prefeita Rosinha dará ciência à Câmara Municipal. Ela enviará  um documento ao Legislativo nas próximas horas. “Trata-se de um gesto de elegância da prefeita, já que não há necessidade de comunicação ao Legislativo quando o período da licença é igual ou inferior a 15 dias”, informa a mesma fonte.

Vários assuntos referentes ao setor pesqueiro e à estrutura do Farol de São Tomé foram temas de reunião realizada neste domingo (08) no Clube Náutico do Farol. A reunião contou com a presença de vários secretários, que puderem esclarecer dúvidas dos moradores e, ainda, buscar soluções para questões referentes ao defeso e aos frigoríficos, por exemplo. O objetivo é realizar reuniões permanentes, em diferentes bairros e distritos, aproximando prefeitura e comunidade.

Participaram da reunião os secretários de Governo, Anthony Garotinho; Família e Assistência Social, Geraldo Venâncio; Meio Ambiente, Zacarias Albuquerque; Agricultura, Eduardo Crespo; Obras, Urbanismo e Infraestrutura, Edilson Peixoto; Infância e Juventude, Thiago Ferrugem e Pesca e Aquicultura, Carlos Henrique Costa. “Nós vamos nos reunir nos finais de semana, com moradores de cada um dos bairros e distritos de Campos. As comunidades terão a oportunidade de se reunir com os secretários na tentativa de desenvolver ações que favoreçam a população”, afirmou Garotinho.

No Farol de São Tomé, entre os assuntos discutidos, estão a situação das auxiliares de pesca, mais conhecidas como marisqueiras, a partir de uma Medida Provisória, assinada pela Presidente Dilma Roussef. Além disso, os donos de frigoríferos da praia, também, foram convocados para a reunião, para discutir uma forma de evitar o fechamento dessas empresas, como foi pedido pelo Ministério Público Estadual, o que causaria um grande desemprego no setor.

Vários outros assuntos, foram colocados na pauta de discussão, como a transformação da UBS do Lagamar em um Posto Avançado de Atendimento da Família; o reforço dos ônibus em circulação na praia durante todo o ano; a construção de um novo posto do Cras, para atender a população da Baixada Campista e a construção de uma nova quadra de esportes na área central, próximo à rodoviária.

 campos24horas.

Um comentário:

Anônimo disse...

Sai Rosinha, entra Garotinho.