terça-feira, 9 de maio de 2017

Prefeitura pode reativar clínica de reabilitação de dependentes químicos de Pedra Lisa

Foto: Rafael Peixoto


O prefeito Rafael Diniz, ao lado de sua vice, Conceição SantAnna, recebeu na manhã desta segunda-feira (8), o Bispo Dom Fernando Rifan, da Administração Apostólica São João Maria Vianney, e o fundador da Comunidade Católica Refúgio, Josenilton Lindolfo Azeredo. Na ocasião, eles trataram da necessidade de apoio ao tratamento de dependentes químicos no município, prejudicado após o fechamento, no ano passado, da Clínica de Reabilitação em Pedra Lisa, no distrito de Morro do Coco.

— O fechamento da clínica de Pedra Lisa dificultou a situação das famílias de Campos que mantinham lá os seus parentes em tratamento. E nós não temos condições de receber essas pessoas em nossa instituição em Cajueiro (São João da Barra), pois não dispomos de recursos suficientes para isso — explicou Josenilton.

O Bispo destacou o papel que a religião pode assumir no processo. “Enquanto Igreja, podemos dar um importante suporte, com apoio espiritual. E vejo também como necessário usar atividades laborativas nesse processo de recuperação. Durante o tratamento, essas pessoas poderiam fazer trabalhos de marcenaria, por exemplo. Sabemos que isso funciona”, sugeriu o religioso.

O prefeito afirmou que, mesmo diante das dificuldades financeiras enfrentadas pelo município, vai avaliar a situação e fazer o máximo de esforço para dar apoio. “Vamos realizar uma visita às instalações lá em Pedra Lisa e ver o que podemos fazer. Aproveito aqui a presença da vice-prefeita, que tem vasta experiência na área da assistência social, para fazer toda a avaliação do que poderemos realizar para reativar esse atendimento”, concluiu Rafael Diniz.

Fonte: Comunicação PMCG 

Um comentário:

Clínica Viver Sem Drogas disse...

Entenda como funciona uma clínica de reabilitação!
http://blog.viversemdroga.com.br/entenda-como-funciona-uma-clinica-de-reabilitacao/