sábado, 23 de junho de 2018

AERSE decide sair do Campeonato Regional de Futebol Amador por quebra de regulamento por parte dos organizadores




Diante de alguns fatos que ocorreram, principalmente do tocante sobre uma decisão revogada por parte da organização do Campeonato, que é composta por futebolistas de Morro do Coco, que voltou atrás numa punição que já estava tomada há algumas semanas ao Tamandaré FC, punição essa, que foi definida por causa do que foi relatado pelo juiz, em súmula, numa partida ocorrida em Santo Eduardo, no dia 03 de Junho entre Aerse e Tamandaré, na qual mencionava uma punição no mando de campo da equipe de Santa Maria, a equipe de Santo Eduardo, resolveu, diante desta quebra do regulamento, previamente acordado entre todos os clubes, se retirar da competição. Ou seja, a partir deste domingo, a Aerse não participará mais dos jogos das duas categorias (Aspirante e Principal).

A todos os colaboradores da Associação Esportiva e Recreativa de Santo Eduardo, pedimos a compreensão pela decisão tomada pela Diretoria, mas é por zelar pela lisura e transparência de nossas ações que decidimos não compactuar com toda essa falta de respeito e profissionalismo com nosso trabalho. Esperamos que não ocorra no decorrer da competição mais situações semelhantes que venham a desestimular a outras equipes a participarem desse torneio.


Relato da Diretoria do Aerse enviada à organização do Campeonato, em Morro do Coco: 

Artigo 02 c) o atleta do segundo quadro poderá jogar no primeiro quadro. D) o atleta do primeiro quadro não poderá jogar no segundo quadro. Artigo 04 b) agressão verbal (defesa moral) a árbitro, aos auxiliares e a qualquer membro da comissão organizadora, relatado em súmula. C) agressão física ao árbitro, auxiliares ao adversário, reportada em súmula. D) invasão de campo, agressão ao árbitro, aos auxiliares e qualquer membro da comissão organizadora mesmo na casa do adversário, efetuada em súmula ou vídeo perderá três pontos e mando de campo. No artigo 4 a linear b, c e d se completam. Tudo que foi falado pelo regulamento tem que ser cumprido. Nenhum organizador pode alterar um regulamento com uma competição em andamento. Feito isso mostra a incapacidade para interpretar o regulamento. Passando para as equipes a desconfiança, a insegurança da realização de uma competição justa e com credibilidade.   Diante da quebra do regulamento pela equipe organizadora do campeonato e a insegurança em aplicar o regulamento a equipe da AERSE sai da competição.

Nenhum comentário: