quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O comércio de Campos já está autorizado a funcionar até às 21 horas

Com a chegada do Natal e a expectativa de boas vendas o comércio de Campos  já está autorizado a funcionar até às 21h, conforme prevê a Lei Orgânica do Município, desde que seja respeitada a carga horária de 8 horas. O acordo firmado entre o Sindicato o Comércio Varejista e dos Empregados do Comércio também estabelece o pagamento de horas extras de 50% para quem trabalhar mais do que o horário normal e mais um lanche no valor de R$ 7,00, destacou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos – ACIC, Amaro Ribeiro Gomes.
O presidente da ACIC tem observado que desde o mês de novembro as vendas vêm aumentando no comércio local. A expectativa é que as vendas este ano seja maior 20% em relação ao mesmo período do ano passado. Ele destacou ainda que o movimento registrado nos sábado têm surpreendido muitos empresários que decidiram em abrir suas lojas.
Amaro destacou que a tendência é que as lojas passem a funcionar sábado até mais tarde e aos domingos, visando atender este cliente que não pode fazer suas compras nos dias da semana, conforme vem fazendo essas grandes lojas que estão se instalando no município.
Amaro Ribeiro destacou ainda que o comércio local está autorizado a funcionar no próximo dia 8, feriado municipal de Nossa Senhora da Conceição, de acordo com o acordo feito entre patrões e empregados, desde que seja paga hora extra de 100% e mais o lanche no valor de R$ 7,00.  Ele espera que este ano, muitos clientes antecipem suas compras, como vem sendo observado, evitando assim, as compras de última hora e até mesmo que o cliente não encontre o produto desejado. “ Este ano, o comércio local vive uma boa fase, com boas vendas  principalmente nas principais datas”, comentou.
Outro fator que vem contribuindo para o aumento das vendas é que muitas empresas também anteciparam o pagamento da primeira parcela do 13º salário e outras começaram a pagar ontem, injetando grande volume de moeda no comércio. Por sua vez, os empresários estão mais atentos e oferecem descontos em compras à vista e forma de pagamentos mais elásticos, visando atender a todo o público, destacou.

Campos dos Goytacazes, 1 de Dezembro de 2010

Nenhum comentário: