quinta-feira, 6 de setembro de 2012


Ônibus tomba e deixa vítimas na localidade de Conselheiro Josino.

Reportagem do Site Ururau


Um ônibus da Empresa Brasil, de placa KZQ-1445/Campos dos Goytacazes-RJ, que fazia a linha Campos/Santos Eduardo, tombou na localidade de Conselheiro Josino em Campos, por volta das 7h30 desta quinta-feira (06/09), em Campos.
O socorro do Corpo de Bombeiros foi acionado e recebeu apoio da Autopista Fluminense, Resgate de Morro do Côco e de ambulâncias do Posto e unidades de Saúde local, que prestaram os primeiros atendimentos as vítimas, que foram encaminhadas para o Hospital Ferreira Machado (HFM). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, cerca de 25 a 30 passageiros foram socorridos.

O motorista do ônibus, Júlio César Marcharet, de 27 anos, teria perdido o controle do ônibus na curva, ao passar mal, provocando em seguida, o acidente. Após o ocorrido, ele ficou em estado de choque e precisou também ser socorrido.

Segundo uma das vítimas, o jovem Alan da Silva, de 18 anos, que estava imobilizado aguardando ser socorrido e indo trabalhar em um supermercado de Campos, o motorista do veículo estava em alta velocidade. “O ônibus estava correndo muito e só vi quando já tinha tombado”, disse.
De acordo com o morador, Ronaldo Tinoco, que reside na localidade há 25 anos, o acidente aconteceu numa via conhecida como “Estrada do Rogério”, em frente a uma propriedade rural, sequência da Rua Teotônio Ferreira de Araújo. Ele disse que ligou para o Corpo de Bombeiros, além de ajudar a socorrer as vítimas.
 
“Quando cheguei aqui, algumas vítimas já estavam no chão. Ajudei no socorro para também, fazer a nossa parte. Acredito que o ônibus deveria ter em torno de umas 60 pessoas. Já vi isso várias vezes. É inadmissível o motorista tirar passagem e dar troco ao passageiro. Mas quero deixar bem claro, que não estamos aqui para denegrir a imagem da empresa, e sim pedir socorro para que tomem providências em relação à superlotação e ofereçam melhores condições de vida, ônibus de qualidade, motoristas qualificados para prestarem os serviços não só para nós aqui da localidade, mas para todo o município.”

O gerente operacional da Empresa Brasil em Campos, Henrique Fagundes, esteve no local e disse que no momento a preocupação é dar toda a assistência e atender as vítimas e que só depois quando estiver com o motorista, será possível saber o que realmente aconteceu. Já sobre a superlotação, ele informou que serão tomadas as providências necessárias.

Muitos moradores se aglomeraram no local e alguns disseram que já não é a primeira vez que acontece esse tipo de acidente com o ônibus da mesma empresa.

“Já é a segunda vez que isso acontece com um ônibus da Brasil aqui. Em janeiro tivemos também, um grave acidente”, afirmou o agente de saúde pública, Edson Melo, que mora em Conselheiro Josino há dez anos.

Para a moradora, Elisete Barreto, é preciso avaliar os dois lados da situação.“Os ônibus circulam superlotados, mas as pessoas embarcam assim mesmo, pois querem chegar de qualquer jeito a Campos. A culpa não é só do motorista, mas de todo mundo", disse.

Em janeiro deste ano, um ônibus que fazia a linha Morro do Côco/Campos, da mesma empresa, saiu da pista e tombou, na RJ-228, via de acesso à BR-101, também pela manhã. Na ocasião, o motorista do ônibus, contou que parou antes de uma curva, para a subida de uma passageira e seguiu viagem, uma pessoa teria puxado pela manga de sua blusa, pedindo informação. Ao virar-se para atendê-la, acabou perdendo o controle do veículo e saindo da pista. 

Um comentário:

Anônimo disse...

REALMENTE AS EQUIPES DE SAÚDE DE CAMPOS SÃO MUITO COMPETENTES. OS PACIENTES MAIS GRAVES FORAM LEVADOS PARA O HFM E OS OUTROS EM SANTO EDUARDO.