sábado, 24 de junho de 2017

População adere ao Orçamento Participativo e aponta prioridades

Até esta quinta-feira (22), foram cerca de 200 participações, vindas de todas as regiões do município



Foto Rafael Peixoto - PMCG
O “Orçamento Participativo – Plano Plurianual”, com o formulário aberto de participação, além de representar um avanço na democratização e transparência da Gestão Pública, está ganhando a adesão da população na elaboração do Plano Plurianual (PPA), documento de planejamento que se transformará em lei e vai orientar os gestores públicos na execução dos gastos e na aplicação dos investimentos para o exercício do quadriênio 2018-2021. Até esta quinta-feira (22), foram cerca de 200 participações, vindas de todas as regiões do município. O acesso pode ser feito através do Portal da Prefeitura.

O subsecretário da Transparência e Controle, Fernando Antonio, explica que, embora o conceito de Orçamento Participativo (OP) seja inovador no município, a experiência já está sendo bastante positiva e possibilitará a participação popular efetiva na escolha das prioridades para os investimentos municipais. Ainda segundo Fernando, o número representativo de adesões em regiões distantes do município e, também, nos bairros da região central da cidade, estão evidenciando o interesse da população em participar efetivamente do processo de reconstrução da cidade.

— Embora, muitos municípios no país já vivenciarem por décadas a elaboração do planejamento e orçamento público de forma participativa, Campos vive um momento único onde estamos implementando uma dinâmica adaptada à nossa realidade, visto, por exemplo, a extensão territorial do nosso município e à queda drástica na arrecadação, o que impossibilita grandes investimentos — explica o subsecretário.

Participações – O link lançado em 16 de junho, último, já estava disponível dois dias antes da divulgação oficial para testes, e nesse período foram registradas 50 participações. Após a divulgação oficial, houve uma adesão representativa de 200 participações em menos de uma semana. A Prefeitura tem o objetivo de ter uma amostragem ampla e bem distribuída em todas as regiões do município.

— Esperamos atingir o número de mil participações até o dia 30 deste mês. Dentro das regiões representadas através do link “Orçamento Participativo – Plano Plurianual”, estamos vendo uma atuação nos bairros da região Central da cidade, a região de Guarus está muito bem representada, Conselheiro Tomaz Coelho, Horto, IPS, Jockey, Alphaville, João Maria, Flamboyant, Turfe Clube, Parque Aurora e a participação maciça dos distritos de Mussurepe, Santa Maria e Santo Eduardo, Goytacazes, São Sebastião, Tocos, Travessão, enfim, estamos atingindo todas as regiões do nosso município — enumerou Fernando Antonio que acrescentou ainda que as três principais demandas apresentadas são nas áreas de educação, saúde e segurança.

O subsecretário lembra que estão previstas audiências públicas distritais, em 11 regiões, que começam já na próxima semana por Farol de São Thomé.

Um comentário:

Anônimo disse...

Favor divulgar as sugestoes dos nossos distritos.