quarta-feira, 14 de junho de 2017

Santo Eduardo: clima de tensão entre Diretora e alguns pais gera tumulto em frente a Escola Municipal N. S. Aparecida

Algumas mães insatisfeitas com a diretora protestaram em frente a Escola.
Alguns pais e responsáveis de alunos estiveram nesta quarta-feira (14) numa reunião na Escola Municipal N.S.Aparecida, em Santo Eduardo, atendendo o chamado da diretora, Emília Bicudo, recém nomeada pelo atual prefeito de Campos, Rafael Diniz.

Segundo relatos obtidos com algumas mães, o clima não está nada amistoso entre alguns alunos e a diretora, visto que a mesma teria ditado algumas normas para a Escola que não foram bem aceitas por alguns, principalmente os que têm como hábito o uso de bonés e celulares dentro do recinto escolar. Aliás, foi exatamente isso que aconteceu, um aluno não aceitou ficar sem o boné, fato que teria irritado bastante a diretora a ponto da mesma ter ido parar no DPO local para pedir ajuda policial para tentar "convencer" o aluno a obedecer tais regulamentações, fato que gerou muita insatisfação entre os envolvidos.

Bom, como o correto é ouvir as duas partes, me dirigi à Escola e fui tentar um contato com a diretora que, prontamente me recebeu. Segundo Emília, ela apenas quer, com essa medida, que se cumpra uma norma adotada pela SMECE que já acontece em todo município de Campos e que visa a segurança de todos que frequentam o educandário. Emília disse: a escola é um lugar para aprendermos a ter disciplina e também não é para o aluno ficar com celular na mão, desviando a atenção nas aulas." 

Emília também fez questão de me mostrar a dispensa da Escola já que houve também uma denúncia que alunos estariam sem merenda. O que deu para notar é que por motivo de mantimentos não há possibilidade de que alunos não tenham merenda, pois observei que a mesma estava bem abastecida de produtos.                      

 Independentemente de qualquer coisa, acredito que o bom senso, a calma, tolerância e a polidez sejam o caminho a seguir e desejo, sinceramente, que o clima de PAZ seja o maior sentimento que apareça nas mentes de todos os envolvidos e que estes impasses sejam superados para o bem da escola e da população como um todo. Que vença a Educação. 




  

2 comentários:

Claudia Robaina disse...

Como sempre uma explicação clara a população.

Sílvia disse...

A diretora tem a obrigação de fazer cumprir o que a secretaria de Educação a ela delega, e os alunos tem o dever de respeita lá. O aluno desrespeita a diretora com palavras obscenas, e as pessoas acham isso certo.
Onde vamos parar...
Muito certo senhora diretora se não dá pra conter os alunos, chama a polícia, porque já que com os pais não se pode contar.