terça-feira, 6 de setembro de 2011

Igreja reage a anúncio com Cristo ‘abençoando’ traição


Arquidiocese do Rio ameaça processar criminalmente site que ajuda a encontrar amantes


 Um dos dez mandamentos da Igreja Católica ensina que não se deve cobiçar a mulher do próximo. Um site especializado em relações extraconjugais, no entanto, ignorou o ensinamento e usou a imagem do Cristo Redentor em um outdoor do serviço, que promete facilitar a pulada da cerca. O uso da imagem cristã pode acabar em ação criminal na Justiça. A Arquidiocese do Rio — que tem o direito de imagem — mandou notificar a empresa The Ohhtel, dona do site, para que retire o outdoor “imediatamente”.
Outdoor na Avenida Armando Lombardi usa imagem do Cristo em publicidade de site que estimula a traição | Foto: Uanderson Fernandes / Agência O Dia


“O uso do Cristo Redentor neste outdoor é um absurdo. É um desrespeito à fé, à integridade religiosa, à imagem de Jesus. O Redentor agrega coisas boas e não combina com coisas errôneas, obscuras. A comunidade católica ficou chateada. Não faz sentido o Cristo ser vinculado a anúncio como este”, diz o reitor do Santuário do Cristo Redentor, padre Omar Raposo.
No outdoor, instalado na Avenida Armando Lombardi, na Barra da Tijuca, a imagem do Cristo Redentor está ao lado de um conselho nada cristão: “Tenha um caso agora! Arrependa-se depois”.
“A empresa está sendo notificada para tirar o outdoor. Caso isso não ocorra 24 horas após a notificação, poderá ser processada civilmente por uso indevido da imagem e criminalmente, por desrespeito ao objeto de culto e uso deturpado da imagem”, afirma a advogada Claudine Milone Dutra, da Arquidiocese do Rio.
O reitor do Santuário garante que a Arquidiocese não deu autorização para o uso da imagem: “Não dei e jamais daria autorização para o uso da imagem do Cristo Redentor com esta finalidade. Eles foram muito imprudentes”.
Mercado da traição cresce na Internet
Sites para quem procura amantes têm crescido no Brasil. “A vida é curta. Tenha um caso”, é o slogan do ‘Ashley Madison’, um dos que apostam alto na infidelidade do brasileiro.
‘Ashley’ (www.ashleymadison.com.br) tem 10 milhões de usuários em 14 países. Mas a concorrência não dorme no ponto. O ‘Second Love’ (www.secondlove.com.br) e o ‘Ohhtel’ (www.ohhtel.com.br) também têm versões nacionais.
Que coisa, hein?

Nenhum comentário: