quarta-feira, 30 de junho de 2010

Candidata Dilma Rousseff se declara a favor da união civil entre homossexuais


Candidata do PT epete confusão entre direito civil e religião sobre casamento

A candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, declarou em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na última segunda-feira, 28, que é a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas se esquivou de opinar sobre o casamento religioso entre gays. O programa está recebendo todos os candidatos ao cargo máximo do Executivo brasileiro e na semana passada entrevistou Marina Silva (PV).

Na entrevista, Dilma se diz "a favor da união civil”, mas se esquivou de opinar sobre o casamento religioso alegando que “a questão do casamento é religiosa. Eu, como indivíduo, jamais me posicionaria sobre o que uma religião deve ou não fazer”. Dilma foi cuidadosa para não ofender os setores religiosos da sociedade e opinou que “temos que respeitar”.

Ainda segundo a candidata, ela é a favor da união civil principalmente no âmbito da garantia dos direitos civis dos homossexuais. "Direitos civis básicos, direito à herança e a receber a aposentadoria do parceiro, são direitos civis e devem ser reconhecidos de forma civil."

Por: Hélio Filho - Mix Brasil

Nenhum comentário: