segunda-feira, 16 de abril de 2012

População de Campos se prepara para mais um dia sem coletivos nas ruas nesta Terça.

Conforme informações divulgadas pelo Site Ururau, no dia 29 de março, os rodoviários de Campos irão paralisar suas atividades mais uma vez este ano. Desta vez os profissionais da categoria reivindicam equiparação do piso salarial com os trabalhadores do setor no município do Rio de Janeiro, onde o salário dos motoristas e cobradores é de R$ 1.618,06. Em Campos os rodoviários recebem R$ 1.283,40.

Por telefone, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Campos, Roberto Virgílio, disse que a categoria reivindica a equiparação salarial, porém o sindicato patronal alegou não ter condições de atender a tal exigência.

“Os trabalhadores estão pedindo, mas o sindicato patronal alega que estão há cinco anos sem aumentar o preço da passagem e por isso não poderia atender a essa reivindicação. Já notificamos os órgãos públicos que a partir da zero hora iremos interromper as atividades por tempo indeterminado”, declarou o presidente que disse ainda que às 20h desta segunda-feira (16/04), será realizada uma nova reunião para organização de piquetes. 

Diferentemente do que foi divulgado pelo próprio sindicato anteriormente, quando os profissionais pediam plano de saúde, cesta básica e uniforme, a equiparação salarial será a única exigência requerida nesta paralisação.

Nenhum comentário: