sexta-feira, 14 de maio de 2010

Cartório de Santo Eduardo: manifestação popular impede retirada do acervo.

Oficial de Justiça explicando a todos os presentes os motivos da retirada do acervo do cartório para Santa Maria: cumpro apenas ordens.
Frases de impacto mostrando a indignação da população com o fechamento do cartório de Santo Eduardo.



Uma manifestação popular, juntamente com uma certa "pressão" de algumas "pessoas chave" da localidade fizeram com que o acervo do Cartório de Santo Eduardo não fosse levado para Santa Maria nesta manhã de Sexta-Feira.

Cartazes com frases de ordem com um tom até meio forte, digamos assim, foram afixadas na porta do Cartório, do tipo: "lutaremos até a morte pela nossa história", "pela permanência do Cartório estamos dispostos a qualquer coisa". entre outras.

Fatos e atitudes a parte, o que está em evidência nesse momento mesmo e bem claro para toda a sociedade deste país, é como os poderes constituídos entram em discordância uns com os outros e como os interesses políticos muitas das vezes atrapalham mais a vida das pessoas do que as ajudam.

Vou dar um exemplo bem claro:

O Cartório de Santa Maria mesmo, que foi fechado arbitrariamente e agora irá funcionar num cômodo alugado pelo próprio escrivão, anteriormente funcionava num prédio público, cedido pela prefeitura de Campos. Dá pra entender?

Bom, a princípio, pelo que sei, será tudo cobrado para a população, nada será gratuito.

O que dá pra entender de imediato?
uma profunda falta de respeito com a população mais uma vez.

No nosso caso, digo, o caso do Cartório de Santo Eduardo, é a mesma coisa ou ainda pior!

Raciocinem comigo: como pode-se fechar um cartório centenário e que tem também as mesmas características do de Santa Maria, ou seja, prédio próprio cedido pela prefeitura e com tudo que tem direito para o mesmo funcionar decentemente? E pior, um cartório que serve prontamente à Justiça Itinerante, que nos atende em todas as quintas-feiras, e ao próprio Hospital João da Cruz Lubanco na Emissão de certidões de óbitos entre outros documentos?

Querem acabar com a gente, ou é exagero de minha parte?

Quem realmente está por trás disso tudo?

Precisamos identificá-lo e combatê-lo publicamente.
No final, os manifestantes comemoraram a permanência, pelo menos por enquanto, do acervo na localidade.

3 comentários:

Anônimo disse...

Eis a prova de que quando a sociedade se organiza e luta, impreterivelmente vence! Espero que sirva de exemplos para outras reinvidicações. A célebre frase "o povo unido, jamais será vencido", é uma mãxima quando o povo assim o faz.
Abraço, Lenin e parabéns a população pela vitória

Blog do L. Werneck disse...

Ainda não temos a vitória esperada, mas a população reunida e fechando com o assunto fica mais complicado para eles retirarem o nosso acervo daqui.

Blog do L. Werneck disse...
Este comentário foi removido pelo autor.