quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Católicos e evangélicos declaram voto em Dilma Rousseff













"Consideramos que, para o projeto de um Brasil justo e igualitário, a eleição de Dilma para presidente da República representará um passo maior do que a eventualidade de uma vitória do Serra, que, segundo nossa análise, nos levaria a recuar em várias conquistas populares e efetivos ganhos sócio-culturais e econômicos que se destacam na melhoria de vida da população brasileira", diz manifesto assinado por cristãos católicos e evangélicos. Documento também denuncia campanha de boatos e mentiras que circulam pela internet.

Clique na palavra abaixo e leia na íntegra o manifesto em favor a Dilma e assinado por inúmeros padres e pastores:


manifesto


3 comentários:

Sávio disse...

Isto já é o fim Católicos e Evangélicos, engraçado na lista não tem um Silas Malafaia, Marco Feliciano(Os "Grandes do Evangelho" digamos assim)Um padre Marcelo Rossi, Jonas Abib da Canção Nova.
E sim um monte de nada, quero ver Dilma dizer que é Contra o Aborto, PNDH3, PLC122 por que não colcoar a cara.
Esse tema está errado e deveria ser assim alguns evangélico e alguns católicos...

Anônimo disse...

Olá,

Amanhã, sexta-feira (15/10) haverá plenária com todos os setores e
pessoas que votam na Candidata Dilma, no Sindicato dos Bancários (rua do
Ouvidor), às 19:00!
Vamos nos vestir de otimismo e contagiar os (as) demais com a certeza de
que o País seguirá mudando rumo ao crescimento social, econômico,
ambiental, político, para que o povo conquiste o direito a ser cidadão (â).
Vamos à luta para comemorarmos a vitória!
Saudações petistas!!!
Norma

Blog do L. Werneck disse...

Sávio, todos nós podemos ser contra ou a favor de certas coisas, mas a política não se resume em um só assunto, como o ABORTO, por exemplo.
Quem vota ou não vota num candidato por conta de um tema perde a verdadeira discussão, o verdadeiro propósito, que é discutir um conjunto de ideias.
Sou a favor da PNDH3 e se a Dilma for ou não for a favor não será por isso que irei ou não irei votar nela.
Agora, você acha que o Serra irá vetar essa Lei, caso ela seja aprovada no Congresso?
Bom, dependendo da quantidade de votos, aposto que ele não vetará! caso seja eleito, é claro, coisa que duvido!