quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Dilma e Serra pensam da mesma forma em relação aos direitos civis dos homossexuais


Ele se disse a favor da união civil de homossexuais 'para efeitos de direitos' e joga a responsabilidade do "casamento" para as Igrejas


As palavras de Serra foram ditas hoje em São Paulo, num evento político.

União civil
O tucano foi questionado sobre a carta que a campanha da adversária Dilma Rousseff (PT) prepara, na qual a candidata deverá se comprometer a não enviar ao Congresso nenhum projeto que modifique a legislação sobre aborto, casamento homossexual e liberdade religiosa. "Ela tem lá os problemas dela", disse o candidato.
Perguntado sobre o que pensa da união civil entre pessoas do mesmo sexo, ele afirmou:
"A questão do casamento propriamente dita é uma questão que está ligada às igrejas. Agora, a união em torno de direitos civis, ela já existe inclusive na prática, pelo Judiciário, e sou a favor para efeitos de direitos, união civil. Outra coisa é casamento, que tem um componente religioso das igrejas e tudo mais. Aí, cada igreja define sua posição."

Obs: Independentemente de quem seja eleito, isso já está bem claro; o Brasil caminha na direção da aprovação dos direitos civis dos homossexuais. O que "certos" religiosos não contavam era que o Serra iria jogar para as igrejas a responsabilidade de aceitar os casamentos em seus templos. Foi bom cair mais essa máscara!

E agora, o que as igrejas têm a dizer?

Viva Dilma Roussef!! Porque o Brasil 
precisa seguir mudando, e a esperança  
não pode parar!

2 comentários:

Anônimo disse...

ENTÃO CHEGOU A HORA DE VOCÊ MUDAR O SEU VOTO. O QUE ACHA?

Blog do L. Werneck disse...

mudar o meu voto em Dilma?
O que eu acho?
_ Eu acho que você não entende o que escrevo, só pode!