quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Irmão Garotinho, o neutro

O que vocês acham dessas declarações?





Os evangélicos e a eleição presidencial


Ninguém deve duvidar que alguém possa mudar de vida ou de opinião. Afinal, o que é uma conversão senão uma aceitação de Jesus Cristo como Senhor e Salvador de sua vida. A conversão é também a negação do seu passado e das suas práticas ligadas ao mundo.

Porém, não devemos confundir mudança de opinião com oportunismo político. Como pode alguém que a vida inteira declarou não acreditar em Deus, ser a favor do aborto, defender as causas dos homossexuais, lésbicas e travestis, mudar repentinamente de opinião? 
Isso parece mais estratégia eleitoral do que sinceridade de opinião. 

Para governar bem um país, o dirigente maior da nação, além de bom administrador, deve ter princípios que sirvam de exemplo para o povo.
Nós, que amamos a Deus, estamos cansados de hipocrisia. A Bíblia nos ensina que a nossa palavra seja sim, sim ou não, não.

Candidatos que mudam de opinião pensando que ganharão o voto do povo que tem Jesus Cristo como Senhor e Salvador da sua vida estão enganados. Ele mesmo nos ensinou: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

A verdade pura, e não uma falsa verdade para esconder o lobo travestido de ovelha.


Irmão Garotinho.


do Blog do Garotinho

4 comentários:

Selmo disse...

Ele está correto, só não entendi, o que você quis deixar no ar...
Pessoas mudam de vida, e tem posições, não sou contra a politíca do Pt para o povo do ponto de vista financeiro, mas sou totalmente contra essas leis totalmente absurdas que o Pt tenta impor.Graças a Deus pessoas de bem já estão contornando este problema.
Ele está de parabéns, em impor suas condições para um possivél acordo, só que algumas pessoas maiores que ele já fizeram isto por nós.

Thales Bastos disse...

Mas quais seriam as leis absurdas que o PT tenta impor ao povo? Nunca soube de nenhuma! Nunca entrou no programa do PT práticas como a legalização do aborto e do casamento gay. E o que teria demais o relacionamento gay? Não vivemos em um país livre?

Blog do L. Werneck disse...

ele se disse neutro, mas com essa posição ele transparece ser apenas um religioso e não um político que vive mudando de opinião. Aliás, ele sempre muda de partido e quase sempre entra em conflito com os seus companheiros.
Mas como ele mesmo disse, as pessoas mudam, quem sabe isso também possa ocorrer com ele próprio. Eu não duvido de nada.

juliodelphi2006@yahoo.com.br disse...

Que leis absurdas...Fala sério, ou você é de outro planeta, ou não conhece o PT. PNDH3, PLC122, Aborto, Censura à imprensa.Concordo com o Selmo em partes, pois Lula é o cara, já o PT é uma porcaria, a política do Lula para com os mais pobres tudo bem, já a do Pt que expulsa deputados que não votam fechadinho com as suas leis absurdas esse ai ...
Mas também como disse o Selmo foi muito bom ter 2º turno, pois agora essas leis morrem no caminho, pois por um apoio a Dilma já deixou claro o seu veredito final.
Quanto ao Garotinho não tenho nada contra nem a favor, mas essa posição de impor suas diretrizes aos candidatos foi uma opção boa,pior os que agem políticamente corrompendo seus ideais.