quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Cooperativa de Costureiras: mais uma reunião em Santo Eduardo

Mais uma reunião sobre a questão da adequação de uma Cooperativa de Costureiras em Santo Eduardo foi realizada nesta manhã de Quinta-Feira. Desta vez, contando com a participação de uma Equipe de Consultoria em Desenvolvimento Organizacional, do Sebrae-RJ, comandada pelo Consultor José Antônio Pereira, que passou informações às costureiras presentes na Sede da Associação de Moradorese Produtores Rurais. Na ocasião, foi exibido num telão, todas as explicações técnicas e exemplos de êxito de uma cooperativa que funciona na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul (UNIVENS) para incentivar às costureiras presentes.
Consultor José Antônio Pereira, do Sebrae, explicando às costureiras todo o processo de administração e funcionamento das cooperativas de trabalho.

Ainda sobre a reunião, ficou acertado e bem explicado para todos os presentes pela Secretária de Trabalho e Renda de Campos, Cecília Ribeiro Gomes, que o objetivo e o maior desafio desta secretaria, (que segundo ela, também é um novo órgão da prefeitura e não tem orçamento próprio neste ano) é identificar as potencialidades naturais de cada região do município, promovendo e gerando renda aos trabalhadores desses locais que não tem mão-de-obra diversificada.
Secretária de Trabalho e Renda, Cecília Ribeiro Gomes

A questão da Cooperativa de Costureiras em Santa Maria:


Como havia prometido na última publicação abaixo, não poderia de deixar de consultar e informar à secretária Giselda Leão, que também estava presente na reunião, sobre a falta de esclarecimentos às costureiras da localidade de Santa Maria, que segundo informações, também foram comunicadas e sondadas através de reuniões sobre uma possível instalação de uma cooperativa na Antiga Estação Ferroviária da localidade.

A resposta foi a seguinte: Segundo ela, os trâmites de liberação do prédio da Estação não são tão simples de se conseguir, e também, o poder público teria que intervir para providenciar a adequação do prédio. Como em Santo Eduardo, o Empresário Édson Nogueira cedeu prontamente o espaço e o adequou às necessidades básicas de funcionamento do projeto e Santa Maria e Espírito Santinho são localidades muito próximas, resolveu-se então aproveitar a oportunidade e colocar em prática o projeto, não descartando para uma futura ocasião, uma outra cooperativa no distrito vizinho, mas de preferência em outro local, e que seja um local particular.
A secretária também estranhou a falta de presença das costureiras de Santa Maria e de Espírito Santinho nesta reunião de hoje em Santo Eduardo, e disse ter pedido para avisar às mesmas que haveria tal encontro.

Secretária Giselda Leão

Autoridades presentes na reunião, entre elas o coordenador setorial da região norte de Campos, Robinho, e o supervisor de Santo Eduardo, Paulo Beraldi.


Nenhum comentário:

Furto em Lanchonete em Santa Maria nesta madrugada de Quarta-Feira

Na madrugada de hoje, uma lanchonete, conhecida como Lanchonete Rodrigues, foi arrombada e teve pertences roubados no bairro caldeirão em...