quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Greve nos Correios: Agência de Santo Eduardo não adere ao movimento, mas distribuição e recebimento de encomendas e cartas estão paralizados

Em Santo Eduardo a Agência funciona, mas com os serviços de entrega e recebimentos de encomendas e cartas paralizados. O sistema bancário do Bradesco funciona normalmente.


Atendendo a uma determinação do comando da Capital, os cerca de 1.500 trabalhadores dos Correios das Regiões Norte e Noroeste Fluminense entram em greve hoje por tempo indeterminado. O movimento iniciou ontem em Macaé e Itaperuna. O diretor regional do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, Aldinei Carvalho Neves informou que as perdas salariais em nove anos são de 41,7% e a Empresa de Correios e Telégrafos apresentou uma proposta de apenas 4,5%.

As reivindicações da categoria são para a reposição das perdas e reajuste salariais, com base no Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e a incorporação de R$ 300,00 de forma linear para todos os trabalhadores. Na greve do ano passado, que aconteceu em julho, o movimento permaneceu durante 21 dias.

Informações colhidas do Monitor Campista

Nenhum comentário: